Domingo, 17 Outubro 2021

Polícia prende 14  pessoas e evita 'tribunal do crime'

Polícia prende 14  pessoas e evita 'tribunal do crime'

A Polícia Militar prendeu 14 pessoas no domingo (9), que estavam mantendo duas vítimas, entre elas uma menina de três anos de idade, em cárcere privad
A Polícia Militar prendeu 14 pessoas no domingo (9), que estavam mantendo duas vítimas, entre elas uma menina de três anos de idade, em cárcere privado - em um chamado "tribunal do crime", em residências de Sumaré e Campinas.

Doze dessas pessoas foram flagradas em uma chácara na Rua Presidente Nereu Ramos, no bairro Chácaras Bela Vista, em Sumaré; e outras duas mulheres no bairro Jardim do Lago 2, em Campinas.

Em Sumaré, M.P.A., de 53 anos, também foi indiciado por tráfico de drogas. Ele possui passagem por homicídio e é acusado de estuprar a filha de três anos de idade, que estava no cativeiro em Campinas. Ele foi espancado e apresentava ferimentos no tórax e em outras partes do corpo.

No fundo da chácara já havia uma cova aberta, onde ele seria enterrado, depois que ele fosse executado.

Segundo informações, a menina foi encontrada por outra equipe da Polícia Militar e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Macarenko.

Nos locais também foram encontradas e apreendidas duas armas de fogo, sendo um revólver de calibre 38 e uma pistola nove milímetros, 17 munições intactas, uma faca, um machado, um soco inglês, um serrote, uma corda, 14 celulares e três veículos.

Foram presos nove homens e cinco mulheres, a maioria com antecedentes criminais. Segundo a PM, a suspeita é que eles tenham envolvimento com a facção criminal conhecida como PCC.
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 17 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/