Quarta, 17 Agosto 2022

UCC mantém hegemonia do corfebol nacional

UCC mantém hegemonia do corfebol nacional

O projeto UCC (União Corfebol Clube), de Santa Bárbara d’Oeste, alcançou, no último domingo (15), o bicampeonato brasileiro de corfebol, modalidade mi

O projeto UCC (União Corfebol Clube), de Santa Bárbara d’Oeste, alcançou, no último domingo (15), o bicampeonato brasileiro de corfebol, modalidade mista em que participam homens e mulheres em condições de igualdade. A competição nacional foi disputada nas quadras da Ufrj (Universidade Federal do Rio de Janeiro) por seis equipes. Assim como no ano passado, quando o torneio foi realizado no ginásio do Zanaga, em Americana, a conquista veio de forma invicta.

Em uma decisão bastante disputada, os barbarenses derrotaram o Rio Corfebol pelo gol de ouro, na prorrogação, após empate por 8 a 8 no tempo normal. Na primeira fase foram três vitórias do UCC, integrante do grupo B: 12 a 6 no mesmo adversário da final, 17 a 2 diante de Rio das Ostras, e 18 a 6 sobre o Colégio Raul Ivete – ainda participaram do torneio a Ufrj e o Viver Bem, de Maricá. O time de Santa Bárbara d’Oeste foi o único paulista inscrito na competição.

A atleta e técnica do UCC, Carol Passos, faz uma análise da campanha do bicampeonato nacional. “Passamos invictos mais uma vez. Na final, as bolas não caíam, foi um jogo bem eletrizante e tenso, mas em todos os momentos mantivemos a calma e a concentração e conseguimos o gol de ouro”, explicou.

A líder da equipe afirma que a hegemonia barbarense na modalidade só está começando. “Os objetivos são nos mantermos invictos e buscar o pentacampeonato brasileiro e passar o time com mais conquistas até hoje. Em 2020 teremos várias competições e o nosso planejamento é construir uma dinastia no corfebol”, destacou.

O elenco do UCC campeão no Rio de Janeiro contou, além de Carol Passos, com Júlia Casatti (artilheira feminina da competição), Regi Bastos, Letícia Moreira, Júlia Fernandes, Maria Laura, Thiago Barbacena, Bruno Tunussi, Léo Martins, Henrique Toledo, Gabriel Farias e Roger Pinho.

ENTENDA

O corfebol é uma modalidade coletiva criada na Holanda, disputada por equipes mistas, formadas por quatro mulheres e quatro homens. Em uma mistura de handebol e basquete, o objetivo do esporte é colocar a bola em um cesto de 80 centímetros de diâmetro, colocado a uma altura de 3,5 metros.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/