Terça, 28 Setembro 2021

A importância de trabalhar o socioemocional em crianças

A importância de trabalhar o socioemocional em crianças

Muito antes da pandemia começar, a inteligência emocional e o trabalho socioemocional com crianças e adolescentes já eram uma preocupação para mim. O

Muito antes da pandemia começar, a inteligência emocional e o trabalho socioemocional com crianças e adolescentes já eram uma preocupação para mim. O fato de ser educadora e psicopedagoga, mãe e avó, sem sombra de dúvidas, tornam o tema ainda mais importante, afinal de contas, esse é o meu universo de atuação, o mundo pelo qual sou apaixonada e ao qual dediquei e dedico minha carreira. A verdade é que o tema inteligência emocional e o desenvolvimento socioemocional nunca estiveram tão em alta. Trabalhar estas questões na infância e na adolescência proporciona inúmeros benefícios.

Dentro da competência socioemocional é possível trabalhar pontos essenciais para o desenvolvimento humano. Podemos reforçar na criança a sua própria identidade, ou seja, ajudá-las a entender quem elas são, quais os seus pontos fortes e fracos e, até mesmo, orientá-las quanto a identificação e como lidar com os mais variados sentimentos. Com as habilidades socioemocionais entendidas, torna-se possível alcançar, de forma mais assertiva, os objetivos traçados, fica mais simples tomar decisões de maneira responsável e até gerenciar as próprias emoções.

Quanto mais cedo as pessoas têm consciência da importância das habilidades socioemocionais, melhores são os resultados em diversos setores da vida. Isso significa que entender tudo isso desde a infância traz benefícios reais para a vida adulta. O ideal é que os pais e responsáveis transformem em rotina o estímulo a certas habilidades, como: desenvolver empatia, apreciar a diversidade e, acima de tudo, respeitar os outros e as diferenças existentes entre as pessoas.

Claro, também é possível trabalhar o tema em sala de aula. Aliás, vale ressaltar que o desenvolvimento das habilidades socioemocionais em crianças precisa ser realizado em parceria entre a escola e a família, uma vez que essas características estão no dia a dia, nas pequenas atitudes, desde as atividades mais simples até as mais complexas. Não se constrói isso sem a participação da família.

É importante incentivar e ensinar crianças e adolescentes a estabelecer relacionamentos com os colegas da escola, que eles saibam lidar com diferentes opiniões e costumes e, principalmente, a trabalhar em equipe. Além disso, é extremamente interessante que eles aprendam a lidar com os próprios conflitos. Outro ponto relevante tem relação com a construção de relações de confiança.

Afirmo com segurança que crianças e adolescentes que conhecem e respeitam os próprios sentimentos, que têm empatia pelo outro, que conhecem limites e sabem respeitar as vontades dos outros, tornam-se adultos mais seguros, menos suscetíveis a julgamentos e muito mais felizes com as próprias escolhas. Incentive as crianças e adolescentes do seu convívio a trabalhar o lado socioemocional. Faça isso você também. Nossa sociedade do futuro certamente agradecerá por esse cuidado!

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quarta, 29 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/