Domingo, 26 Junho 2022

Cabra é condenada a 3 anos de prisão após matar mulher a chifradas

Brasil + Mundocrime animal

Cabra é condenada a 3 anos de prisão após matar mulher a chifradas

A cabra será dada aos familiares da vítima assim que cumprir a sua pena

Cabra presa após matar mulher no Sudão do Sul (Foto: Reprodução/Twitter)
Uma cabra foi condenada a três anos de prisão depois de ter dado chifradas em uma mulher até a morte, no último fim de semana, na região de Akuel Yol (Sudão do Sul).

A vítima foi identificada como Adhieu Chaping, de 45 anos. Ela foi atingida no peito e nas costelas várias vezes.

"A mulher morreu imediatamente. Nosso papel como polícia é dar segurança e separar as lutas. A cabra foi apreendido e atualmente está sob custódia em uma delegacia em Maleng Agok Payam", disse Elijah Mabor Makuach, porta-voz da polícia, à rádio Eye.

A sentença foi proferida por líderes tribais, responsáveis pela Justiça em várias regiões do país. A cabra ficará reclusa em um acampamento militar, de acordo com o "Gulf News". A família de Adhieu e o dono da cabra chegaram a um acordo de indenização pela morte: Duony Manyang Dhal terá que dar aos parentes da vítima cinco vacas.

Além disso, a cabra será dada aos familiares da vítima assim que cumprir a sua pena. 

As informações são de Extra - Globo.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/