segunda-feira, 22 julho 2024
DO ALTO ESCALÃO

Cardeal é condenado a 5 anos e meio de prisão pelo Tribunal do Vaticano

Sentença foi proferida neste sábado (16) pelos crimes de peculato e fraude
Por
Henrique Fernandes
Foto: Divulgação/Vaticano

O Tribunal do Vaticano condenou o cardeal Giovanni Angelo Becciu a cinco anos e seis meses de prisão, além de inabilitação perpétua para cargos públicos e uma multa de 8 mil euros pelos crimes de peculato e fraude. O cardeal italiano é do alto escalão da Igreja Católica.

Segundo o Tribunal, o peculato foi comprovado pelo uso ilícito de US$ 200,5 milhões entre 2013 e 2014 a mando do cardeal. A sentença, em primeira instância, foi divulgada neste sábado (16). Os advogados de defesa informaram que vão recorrer da decisão.

Já o crime de peculato foi decidido por Becciu ter ordenado, em duas ocasiões, em uma conta em nome da Caritas-Diocese de Ozieri, o pagamento da soma total de 125 mil euros a uma cooperativa na qual seu irmão Antonino Becciu era presidente.

Especialistas no assunto Igreja Católica consideram um julgamento histórico desde que o Estado da Cidade do Vaticano existe, desde 1929. “Foi um processo longo e oneroso, que entrou na ‘carne viva’ da administração das finanças da Santa Sé e tornou públicas seja as modalidades com as quais os fundos foram administrados em alguns casos, seja as tentativas de alguns agentes externos de se apropriarem dos recursos da Igreja”, informou o site Vatican News.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também