Sexta, 28 Janeiro 2022

Cartórios registram aumento de 18,7% nos divórcios no País

Cartórios registram aumento de 18,7% nos divórcios no País

O número de divórcios consensuais realizados pelos cartórios de notas do País, durante a quarentena decretada pela pandemia do novo coronavírus, entre

O número de divórcios consensuais realizados pelos cartórios de notas do País, durante a quarentena decretada pela pandemia do novo coronavírus, entre os meses de maio e junho deste ano, aumentou 18,7%. 

O aumento coincide com a autorização nacional para que divórcios, inventários, partilhas, compra e venda, doação e procurações possam ser feitos de forma remota, por videoconferência por meio da plataforma e-Notariado. 

Desde maio, o Provimento nº 100, editado pela Corregedoria Nacional de Justiça, disciplinou a realização de atos à distância pelos cartórios de notas de todo o País. Desta forma, atos de divórcios consensuais e que não envolvam menores passaram a ser resolvidos de forma mais prática e rápida, sem a necessidade de deslocamentos ou encontros entre as partes, ao mesmo tempo ou em momentos distintos, utilizando inclusive o aparelho celular. 

"Muitos atos notariais, não só os divórcios, mas também as escrituras de compra e venda de imóveis, estavam represados em razão da pandemia e do isolamento social, e a autorização para a prática de atos online destravou esta barreira, fazendo com o que o fluxo dos negócios jurídicos e da formalização da vontade das partes pudesse voltar a ser feito, agora também de forma online, mas com a mesma segurança que o ato praticado presencialmente em cartório", explica a presidente do Colégio Notarial do Brasil - Conselho Federal, Giselle Oliveira de Barros. 

Ao todo, 15 Estados registraram crescimento, com destaque para Amazonas (30%), Mato Grosso do Sul (36,1%), Paraná (21,8%), Rondônia (31,2%) e Roraima (100%). Em São Paulo o crescimento foi de 1,9%. 


REGRAS 

Para realizar o divórcio em Cartório de Notas, o casal deve estar em comum acordo com a decisão e não ter pendências judiciais com filhos menores ou incapazes. 

O mesmo processo pode ser realizado online a partir da plataforma e-Notariado, onde o casal, em posse de um certificado digital emitido de forma gratuita no Cartório de Notas, poderá declarar expressar sua vontade em uma videoconferência conduzida pelo tabelião. 

Desde o dia 13 de julho, os serviços desta plataforma também estão disponíveis em aparelhos celulares. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sexta, 28 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/