sábado, 25 maio 2024
SAÚDE

Dia Mundial da Coluna Vertebral

Desafios e Alternativas no Tratamento da Hérnia de Disco
Por
Redação
Foto: Divulgação

No dia 16 de outubro a atenção mundial se voltará para a saúde da coluna vertebral, um elemento crucial para a qualidade de vida de milhões de pessoas. A hérnia de disco, um dos principais problemas que afetam essa estrutura, estará em destaque, pois é uma condição comum que muitas vezes está associada a comportamentos cotidianos. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 80% da população já experimentou algum episódio de dor lombar, o que evidencia a relevância do tema.

A hérnia de disco pode variar desde desconfortos sutis até dores debilitantes, podendo até mesmo ser assintomática em alguns casos. Para aqueles que buscam reabilitação, especialmente em atividades de alto impacto, como a corrida, a jornada tem sido desafiadora. Apesar de a intervenção cirúrgica ser frequentemente vista como a única solução, especialistas enfatizam que essa não deve ser a primeira opção.

A Dra. Walkyria Fernandes, Ph.D. em Ciências da Reabilitação, propõe uma abordagem inovadora no tratamento da hérnia de disco. Sua técnica não apenas visa aliviar os sintomas, mas também corrigir desequilíbrios musculares e restrições articulares. No entanto, é importante ressaltar que cada caso é único e requer uma avaliação individualizada.

De acordo com especialistas em ortopedia consultados, a cirurgia deve ser considerada como último recurso, sendo necessária em apenas cerca de 5% dos casos de hérnia de disco. A maioria dos pacientes pode encontrar alívio e recuperação por meio de abordagens conservadoras e bem orientadas. A reabilitação funcional e os exercícios direcionados são pilares essenciais nesse processo de recuperação. A terapia manual, juntamente com exercícios específicos, oferece alívio da dor e recuperação gradual e controlada da mobilidade.

No entanto, é crucial destacar que a hérnia de disco é uma condição complexa e que cada paciente pode vivenciar o problema de maneira distinta. Portanto, a busca por tratamentos deve ser pautada na individualidade e no acompanhamento multidisciplinar.

Aqui estão quatro pilares fundamentais para compreender e adotar medidas tanto no tratamento quanto na prevenção dessa condição:

  • Prevenção é a chave: adotar uma rotina de exercícios para fortalecimento muscular, controlar o peso e buscar orientação profissional ao menor sinal de desconforto nas costas são passos essenciais na proteção da coluna e na prevenção da hérnia de disco.
  • Ciência e inovação juntas em prol do alívio e qualidade de vida dos pacientes com hérnia de disco.
  • Atividade Física e Fortalecimento Muscular: exercícios que fortalecem a musculatura das costas e do core são aliados na prevenção da hérnia de disco. A prática regular de atividades físicas, como natação e pilates, pode fortalecer os músculos e proporcionar uma base sólida para a coluna.
  • Controle de Peso e Alimentação Balanceada: manter um peso saudável é importante para evitar riscos à saúde da coluna vertebral. A obesidade pode aumentar a pressão sobre os discos, predispondo à formação de hérnias. Adotar uma alimentação equilibrada, rica em nutrientes, é uma medida preventiva valiosa.
  • Conscientização Postural: instituições e profissionais de saúde podem fornecer orientações valiosas sobre como evitar inatividade prejudicial e adotar comportamentos que protejam a coluna.
  • Avaliação Profissional e Tratamento Adequado: ao menor sinal de desconforto ou dor nas costas, procurar orientação médica é fundamental. A hérnia de disco pode apresentar-se de diversas formas, e um profissional de saúde capacitado pode diagnosticar e indicar o tratamento adequado.
Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também