quarta-feira, 28 fevereiro 2024
CUSTO DE VIDA

Em julho, valor médio da cesta básica caiu em sete das oito cidades pesquisadas

Rio de Janeiro e Salvador registraram as maiores quedas, com -9,1% e -6,0%, respectivamente
Por
Brasil 61
Foto: Agência Brasil/EBC

Em julho, o valor médio da cesta básica caiu em sete das oito cidades pesquisadas. São elas: Rio de Janeiro (-9,1%), Salvador (-6,0%), Brasília (-5,9%), Manaus (-5,0%), Belo Horizonte (-4,8%), São Paulo (-3,1%) e Fortaleza (-0,6%). 

No Rio de Janeiro, cidade com maior queda dos preços, as baixas foram motivadas principalmente pelo óleo de cozinha (-9,8%), carne suína (-8,1%) e frango (-7,7%). 

Em Salvador, que também registrou quedas expressivas, os destaques foram as quedas de preços do feijão (-7,3%) e óleo de cozinha (-6,8%).  

Apesar da queda, a cesta básica mais cara do país é do Rio de Janeiro (R$893,90), seguida pela cesta básica de São Paulo (R$852,30) e Brasília (R$731,70). 

As capitais mais baratas são Belo Horizonte (R$594,20), Manaus (R$675,30) e Curitiba (R$694,70). 

A única capital que registrou aumento dos preços da cesta básica foi Curitiba, em 3,1%. 

De modo geral, dos 18 produtos da cesta básica, nove apresentaram queda no preço em todas as regiões, com destaque para os ovos, açúcar, leite UHT e feijão. 

A redução do preço de alguns produtos alimentícios foi resultado da safra recorde de soja, milho e açúcar no primeiro trimestre. Além disso, houve redução nos custos de produção dos alimentos. 

Por outro lado, algumas altas nas capitais ficaram por conta dos preços dos legumes e frutas, devido ao clima frio e úmido, prejudicando sua qualidade. Pães também registraram alta de preços em algumas capitais. 

A pesquisa é realizada pela FGV IBRE & HORUS Inteligência de mercado.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também