sexta-feira, 12 abril 2024
SALVA-VIDAS

Engasgo: entenda e aprenda a fazer a Manobra que pode salvar o seu bebê [com vídeo]

Segundo a SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria), cerca de 15 bebês morreram engasgados por dia no último ano; o tenente do Corpo de Bombeiros de Americana, Antônio Carlos Brustolin, explica como prevenir esses casos
Por
Nayara Lourenço

O engasgo é motivo de medo entre as mães e muito comum nos bebês, principalmente até o primeiro ano de vida. Segundo dados recentes da SBP (Sociedade Brasileira de Pediatria), aproximadamente 15 bebês morreram engasgados por dia, em 2022. A situação é mais comum do que se imagina e pode acontecer por vários fatores, como a amamentação, a própria saliva do bebê e objetos.

O tenente do Corpo de Bombeiros de Americana, Antônio Carlos Brustolin, explica como prevenir os engasgos. “Ao longo dos meus 15 anos de carreira, eu pude observar que existe uma certa frequência desse tipo de ocorrência. Para prevenir, a gente orienta que mantenha sempre o bebê com a cabeça um pouco mais elevada ou lateralizada, seja no momento de amamentação, ou quando o bebê vai ser colocado no berço ou cadeirinhas. Outra observação importante, é não manter nenhum objeto pequeno ao alcance desse bebê ou criança, sem a supervisão de um adulto. Essas são algumas das orientações que a gente costuma transmitir para a população”, disse Brustolin.

Em situações de engasgo, a Manobra de Heimlich é uma técnica utilizada para desobstruir as vias respiratórias. O tenente Brustolin demonstra, em entrevista à Rede TODODIA, como aplicar a técnica em bebês.

Contato com o serviço de emergência
É sempre necessário acionar o Corpo de Bombeiros, através do telefone 193, ou o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), pelo número 192, em quadros de engasgo.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também