sexta-feira, 12 abril 2024
ESTUDOS ATRÁS DAS GRADES

Mais de 15 mil presos participam da Olimpíada de Matemática nesta terça-feira (30) no estado

Segundo Secretária de Administração Penitenciaria de São Paulo, 1.033 detentos se inscreveram na região
Por
Isabela Braz
Foto: Divulgação

Nessa terça-feira (30), 15.439 detentos se preparam para realizar a prova da 18ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) em todo o estado de São Paulo. Segundo dados da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), houve um aumento de 9,93% no número de presos inscritos em comparação a 2022 – que foram registradas 14.044 inscrições

Nas unidades prisionais localizados na região de Campinas, a alta foi de 48,63%, com a presença de 1.033 presos em reabilitação que estarão realizando, durante 2h30, as 20 questões disponíveis na prova. No ano de 2022, o número de inscritos era de 695.

A unidade com maior número de reincidentes inscritos na prova é a CPP (Centro de Progressão Penitenciária) de Campinas. Em 2022, foram relatadas apenas 81 inscrições, já em 2023, a prova contará com 245 alunos a mais na competição, totalizando 326 inscritos.

A Secretária responsável tem como meta de projeto de reabilitação desses presos, o incentivo ao estudo. Aqueles que não concluíram seus estudos em liberdade, podem concluir o ensino educacional dentro dos presídios com as escolas vinculadoras que são instaladas.

A OBMEP é promovida com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC). Destinada a estudantes do 6º ano do Fundamental ao 3º ano do Médio, buscando contribuir para estimular o estudo da Matemática e identificar jovens talentos da disciplina. A prova é realidade nos sistemas prisionais desde 2012.

Confira o comparativo dos presídios da região nas unidades próximas entre 2022 e 2023:


Unidade prisional

Inscritos em 2022

Inscritos em 2023
CR de Sumaré6148
CR de Mogi Mirim5082
CPP de Hortolândia100120
CPP de Campinas81326
Penitenciária Feminina de Campinas2330
Penitenciária II de Hortolândia99101
Penitenciária III de Hortolândia131143
Penitenciária Feminina de Mogi Guaçu150183
Fonte: SAP

Educação no Sistema Prisional

Em levantamento lançado pelo Departamento Penitenciário Nacional, em avaliação de junho a dezembro de 2022, 850.049 atividades educacionais são fornecidas dentro das cadeias e penitenciárias estaduais no país, com a participação de mais de 100 mil presos em unidades estaduais.

No estado de São Paulo, o total de atividades fornecidas são de 286.411 dentro dos CR (Centro de Ressocialização) – responsável por abrigar presos primários e de baixa periculosidade no interior; CDP (Centro de Detenção Provisória) – onde ficam presos aguardando julgamento; CPP (Centro de Progressão Penitenciária) – onde ficam presos cumprindo final da pena e nas penitenciárias, onde os presos já em julgamento cumprem suas penas.

Na região, a unidade prisional que mais possuí presos matriculados na educação escolar – entre alfabetização, ensino fundamental, médio e superior –, é a Penitenciária Feminina de Campinas, com 342 das 1.423 detentas em atividades escolares. Confira todos os números:


Unidade prisional

População carcerária (2022)

Atividades Educacionais dentro dos presídios

Presos matriculados em educação escolar
TOTAL Brasil642.638850.049103.954
TOTAL Estado de São Paulo195.194286.41126.086
CR de Sumaré20856835
CR de Mogi Mirim25661532
CPP de Hortolândia19382241103
CPP de Campinas241437102
Penitenciária Feminina de Campinas601423342
Penitenciária II de Hortolândia1188246382
Penitenciária III de Hortolândia1000239225
Penitenciária Feminina de Mogi Guaçu7271418180
CDP de Hortolândia1205146734
CDP de Campinas12547260
CDP de Americana82111530
Fonte: Depen
Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também