terça-feira, 27 fevereiro 2024
VÍDEO DA CONFUSÃO

PF aguarda imagens do Aeroporto de Roma para investigar hostilidades a Moraes

A Polícia Federal solicitou as imagens captadas e vai confrontá-las com alegações dos suspeitos
Por
Henrique Fernandes
Foto: Reprodução

A Polícia Federal (PF) vai usar as imagens do aeroporto de Roma, na Itália, para abastecer a investigação sobre as supostas hostilidades perpetradas por um grupo de brasileiros contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal.

O pedido de acesso às imagens foi encaminhado nesta segunda-feira (17) à Itália, via cooperação internacional. A Diretoria Executiva da PF foi acionada para centralizar as tratativas. Os crimes sob suspeita ocorreram na última sexta-feira (14).

O empresário de Santa Bárbara d’Oeste, Roberto Mantovani Filho, e sua esposa, Andréa Mantovani, negam as ofensas a Moraes https://tododia.com.br/brasil-mundo/em-nota-casal-barbarense-alega-mal-entendido-e-nega-ofensas-a-moraes.

Eles vão prestar depoimento à Polícia Federal (PF), nesta terça-feira (18), em Piracicaba.
O genro do casal, Alex Zanatta Bignotto, depôs no último domingo (16) e também negou ter hostilizado ou agredido o ministro https://tododia.com.br/brasil-mundo/morador-de-santa-barbara-tambem-nega-ofensas-a-moraes-em-depoimento/.

A apuração deve se debruçar sobre supostos crimes contra a honra, possível lesão corporal e até eventual tentativa de abolição do Estado Democrático de Direito.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também