quinta-feira, 29 fevereiro 2024
CASO ALEXANDRE DE MORAES

PF realizou buscas em condomínio e imobiliária de Santa Bárbara

A Polícia Federal (PF) cumpriu mandados de busca e apreensão em dois endereços na cidade
Por
Henrique Fernandes
Foto: Reprodução Google

As buscas e apreensões da Polícia Federal (PF) em endereços dos acusados de hostilizar o ministro Alexandre de Moraes foram realizadas no Condomínio Terras di Siena, na Avenida João Ometo, e numa imobiliária na Rua Quinze de Novembro, ambos em Santa Bárbara d’Oeste.

A PF apreendeu computador, celulares e documentos após ordens autorizadas pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), a ministra Rosa Weber. Como o caso segue em sigilo, a PF se limitou a dizer sobre quais crimes são apurados.

“As ordens judiciais estão sendo cumpridas no âmbito de investigação que apura os crimes de injúria, perseguição e desacato praticados contra ministro do STF, na última sexta-feira (14), no Aeroporto Internacional de Roma, capital italiana”, informou a PF através de nota.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também