terça-feira, 23 abril 2024
VAZOU NA INTERNET

Polícia Federal investiga suposto vazamento de prova do Enem que circula nas redes sociais

Além do tema da redação, também circularam fotos que supostamente mostravam a prova completa
Por
Danilo Bueno
Foto: Reprodução

Na tarde deste domingo, durante a aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023, uma imagem contendo o tema da redação começou a circular nas redes sociais. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) prontamente acionou a Polícia Federal para investigar o suposto vazamento.

A imagem em questão mostra a página do tema da redação, juntamente com os textos motivacionais que servem como base para a dissertação dos candidatos. Segundo informações do Inep, a circulação das imagens ocorreu após o início da aplicação do exame.

O tema da redação do Enem 2023 aborda os “Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil”. Essa escolha tem sido elogiada por internautas e professores, por trazer à tona uma questão relevante e atual.

O vazamento da página do Enem 2023 despertou questionamentos sobre como a foto foi obtida, já que é proibido fotografar dentro da sala de prova e os cadernos de respostas não podem ser levados para fora do local do exame. A identificação da pessoa responsável pelo vazamento será alvo de investigação.

Além do vazamento do tema da redação, também circularam fotos nas redes sociais que supostamente mostravam a prova completa do Enem 2023. Professores que prestaram o exame afirmaram que as fotos são autênticas. O Inep analisará todas as irregularidades reportadas e encaminhará as informações à Polícia Federal para as devidas providências.

A prova de redação do Enem exige que os candidatos produzam um texto dissertativo-argumentativo, abordando temas sociais, tecnológicos, culturais ou políticos. A escolha do tema deste ano deve levar os candidatos a refletirem sobre a valorização do trabalho de cuidado realizado pelas mulheres, bem como a falta de apoio e reconhecimento dessa atividade por meio de políticas públicas.

Ainda que esse vazamento tenha ocorrido, é importante ressaltar que em 2019 um episódio semelhante não causou prejuízos significativos. O então ministro da Educação, Abraham Weintraub, enfatizou que não houve danos aos candidatos, mas destacou a gravidade da ação e a importância de identificar e responsabilizar os envolvidos.

O Enem 2023 continua no próximo domingo, dia 12 de novembro, com a aplicação das questões de matemática e ciências da natureza. Espera-se que as medidas necessárias sejam tomadas para garantir a integridade e a lisura do processo avaliativo.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também