Sábado, 13 Agosto 2022

USP terá banca de identificação racial no próximo vestibular

Brasil + MundoCONSULTIVO

USP terá banca de identificação racial no próximo vestibular

As Defensorias Públicas do Estado de São Paulo e da União recomendaram que a USP criasse uma comissão e instrumentos para coibir fraudes 

A criação de uma banca de identificação, decidida na última quarta (22), era uma demanda dos estudantes negros da universidade (Foto: ALOISIO MAURICIO/ESTADÃO)

A USP (Universidade de São Paulo) aprovou a criação de uma comissão para conferir a autenticidade da autodeclaração racial dada pelos alunos que ingressam na universidade por meio do sistema de cotas. A medida passa a valer no vestibular deste ano.

A criação de uma banca de identificação, decidida na última quarta (22), era uma demanda dos estudantes negros da universidade, mas enfrentava resistência de gestões anteriores.

Em fevereiro, logo após assumir a reitoria, o médico Carlos Gilberto Carlotti Junior disse à reportagem que uma de suas primeiras ações à frente da universidade seria implantar um sistema de heteroidentificação racial.

A mudança ocorre depois de a universidade expulsar seis fraudadores em julho de 2021. A primeira expulsão da história da universidade após julgamento de fraude ocorrera um ano antes.

A USP implantou o sistema de cotas em 2018, sendo uma das últimas universidades do país a aderir à política. Também é uma das últimas a criar mecanismos para coibir fraudes na reserva de vagas.

Em outubro de 2019, as Defensorias Públicas do Estado de São Paulo e da União recomendaram que a USP criasse uma comissão e instrumentos para coibir fraudes. O ex-reitor Vahan Agopyan argumentava que a criação de uma banca poderia ser discriminatória.

Os critérios a serem usados pela comissão de verificação, assim como a composição da banca, ainda serão definidos. As regras serão definidas e apresentadas antes do início das inscrições para o próximo vestibular, que começam em 15 de agosto.

As novas regras valerão para a seleção de candidatos que concorrem a 8.230 vagas com reserva para autodeclarados pretos, pardos e indígenas pela Fuvest. 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/