Sábado, 25 Junho 2022

Voluntários salvam pets em áreas alagadas após furacão

Voluntários salvam pets em áreas alagadas após furacão

Animais têm contado com a solidariedade de moradores e de voluntários em meio aos estragos causados nos EUA pelo furacão Florence -que perdeu força e
Animais têm contado com a solidariedade de moradores e de voluntários em meio aos estragos causados nos EUA pelo furacão Florence -que perdeu força e agora é chamado de depressão tropical.
 
Ao menos 17 pessoas morreram nos estados da Carolina do Norte e Carolina do Sul devido às chuvas e aos ventos fortes.
 
Desde a semana passada, com o avanço do fenômeno, famílias foram obrigadas a deixar suas casas. Muitos moradores tiveram auxílio para sair e levaram também seus animais de estimação em botes. Alguns, sem conseguir levar o bichinho de estimação junto, recorreram a abrigos. No entanto, outros peludinhos foram abandonados.
 
Neste domingo (16), um voluntário salvou animais presos em um canil em uma área alagada em Leland, Carolina do Norte.
 
Em Jacksonville, no mesmo estado, um pastor que havia saído em um bote a procura de pessoas ilhadas, resgatou cães e gatos, segundo a imprensa local.
 
Na Carolina do Sul, uma mulher que planejava enfrentar o furacão para não deixar para trás seus sete cachorros adotados teve uma surpresa: desconhecidos fizeram uma vaquinha e alugaram um veículo para que ela e os animais fossem para o Tenessee, de acordo com a CNN.
 
Antes das inundações, abrigos localizados em áreas de risco também precisaram ser esvaziados, assim como residências na região. Os bichinhos acabaram acolhidos por moradores de cidades não afetadas pelo Florence e que se ofereceram para ajudar com lar temporário ou adoção. Cães e gatos também foram transferidos para ONGs mais distantes, com a ajuda de voluntários, que cuidaram da retirada e do transporte.
 
Com os animais em segurança, o próximo passo será conseguir um lar para eles.

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/