PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Luxemburgo adota treinos lúdicos para melhorar ambiente no Palmeiras

Logo no primeiro contato com o grupo, o treinador usou e abusou das piadas na hora de se apresentar

Os primeiros dias de convivência de Vanderlei Luxemburgo e o elenco do Palmeiras têm sido marcados pelo bom humor. Na rotina na concentração, no vestiário e até nos aquecimentos, a ordem é que todos sintam prazer de estar na Academia de Futebol.

PUBLICIDADE

Logo no primeiro contato com o grupo, o treinador usou e abusou das piadas na hora de se apresentar. Brincou com alguns jogadores especificamente e arrancou risada de todos os presentes, inclusive dos vices e diretores que presenciaram o discurso.

Os treinos têm sido marcados por um aquecimento que foge do padrão apresentado por seus antecessores. Os atletas são sempre desafiados pelo treinador e pelos seus auxiliares, quase sempre com um castigo para os perdedores. Na última quarta-feira, por exemplo, algumas atividades forçavam os atletas a compor trios. Dois jogadores carregavam um terceiro em uma cadeira formada com os braços. Depois disso, os trios se desafiavam entre si a tentar derrubar o adversário. Os perdedores pagavam com flexões de braço.

PUBLICIDADE

A ideia das atividades lúdicas é de aproximar ainda mais os atletas e melhorar o ambiente. No final do ano passado, inclusive, a diretoria e antiga comissão técnica detectaram que o elenco apresentava alguns focos de problema de relacionamento. Diversos jogadores relataram que as brincadeiras de Luxemburgo têm deixado o ambiente mais leve, mas todos ressaltam que o trabalho sério também tem sido feito de maneira bem exigente.

Ao menos nos treinos a que a imprensa tem acesso, as frases mais repetidas são: “não deixa cair o ritmo”, “vamos lá, até o final” e “como se estivesse jogando”. Todas no sentido de exigir dos atletas o máximo possível para a evolução física após o período de férias.

PUBLICIDADE

Além dos exercícios físicos, alguns conceitos táticos novos estão sendo introduzidos por Maurício Copertino, auxiliar de Vanderlei Luxemburgo, muito elogiado internamente pelas suas ideias de treino. Ele comanda boa parte das atividades com bola ao lado do técnico, sempre exigindo intensidade, marcação por pressão e troca de passes rápidos.

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This