domingo, 21 abril 2024
CONTAS NO AZUL

Acia realiza negociações de dívidas até quarta-feira

Descontos vão até 99% e podem ser aproveitados na sede Associação Comercial e Industrial de Americana, na Rua Primo Pícoli, região central da cidade
Por
Henrique Fernandes
Foto: Miguel Silva/Rede TODODIA

A Acia (Associação Comercial e Industrial de Americana) promove a operação ‘Acertando suas contas’ até esta quarta-feira (1º), das 9h às 17h, no 4º andar da sede da Acia, localizada na Rua Primo Picoli, 232, na região central da cidade. Uma excelente oportunidade para a negociação de dívidas, com descontos até 99%.

As negociações também acontecem nas cidades de Santa Bárbara, Sumaré, Limeira e Campinas. A cozinheira Margareth de Abreu Luize, de 62 anos, mora em Americana e conseguiu 75% de desconto em sua conta atrasada de telefone e internet. “Consegui fazer a negociação graças a Deus. Agora eu vou pagar e ter o nome limpo”.

Ela disse que vai realizar as compras de Natal com responsabilidade financeira. ‘Acertando suas contas’ está sendo realizado desde segunda-feira (30) e balanço do primeiro dia nas cidade da região foram de 2 mil pessoas atendidas, mais 1.000 acordos e mais de R$ 500 mil reais em acordos negociados.

O presidente da Acia, Marcelo Fernandes, explicou que empresas estão oferecendo diversos descontos. “É um momento importante porque muitas empresas modificaram suas políticas de recebimento de juros e multas, principalmente instituições financeiras entre outros grandes varejistas. Pra que elas possam ceder um desconto maior do que o normal, ela precisa de apoio e liberações”, disse.

Marcelo também comentou que é uma oportunidade para as pessoas limparem o nome e ter melhor oportunidade de crédito. “Quando uma pessoa está negativada e volta a ter o nome liberado, isso abre linhas de créditos. Quando ela vai pegar um dinheiro emprestado, o juro é menor pago. Muitas vezes para comprar um carro ou imóvel financiado você só consegue quando tem o nome sem nenhuma restrição e, com isso, reduz o custo pra essas pessoas”, complementou.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também