quarta-feira, 19 junho 2024
14ª EDIÇÃO

Caminhada pela Vida prega cidadania e promove abaixo-assinado por reivindicações

Concentração dos participantes aconteceu na manhã desta quarta-feira, em frente ao Centro de Capacitação São Judas Tadeu
Por
João Victor Viana

A Ambrata (Associação de Moradores do Jardim Brasília e Terramérica), junto a Diaconia São Judas Tadeu e a Paróquia São Judas Tadeu, realizaram na manhã desta quarta-feira (1) a 14ª Caminhada pela Vida. O objetivo do evento é ressaltar a cidadania, conscientizar a população sobre os cuidados com o meio ambiente e reivindicar melhorias para a região.

A concentração dos participantes aconteceu em frente ao CCPA (Centro de Capacitação São Judas Tadeu), na Avenida Armando Sales de Oliveira, no Jardim Ipiranga, em Americana.

Os participantes da mobilização fizeram um aquecimento animado e depois saíram pela Avenida Armando Salles em caminhada, passaram pela Avenida Iacanga, chegando até a avenida Gioconda Cibin.

Com a maioria vestindo camiseta branca, as pessoas levavam faixas com diversas mensagens sobre atenção no transito, amizade, fraternidade, além de bandeiras brancas.

“É um meio de reivindicar melhorias para nosso bairro e para o entorno. A gente tem o objetivo de conscientizar a comunidade sobre seus direitos e seus deveres”, disse o Diácono Pedro Donizete, que participa da organização.

Para fortalecer reivindicações para a região, os organizadores disponibilizaram um abaixo-assinado, abordando temas como a construção de mais um viaduto de transposição na SP-304; aumento de semáforos, placas de sinalização e redutores de velocidade nas avenidas das redondezas; revitalização do coreto da Praça Luiz Boni; além de melhorias no piso e na iluminação do entorno do Jardim Botânico para caminhadas noturnas.

Com as assinaturas recolhidas, o documento será protocalado na secretária de obras da prefeitura de Americana.

Toda caminhada contou com o apoio da Polícia Militar e da Guarda Municipal de Americana, além de distribuição de água pelo DAE, sorteio de brindes e apresentação de capoeira.

O Diácono Pedro ressaltou que toda a celebração entre amigos e famílias mostra que devemos viver mais unidos. “Todos devem se importar com todos. Criando esse vínculo, mostramos que estamos unidos e buscando uma sociedade melhor”, afirmou.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também