sábado, 15 junho 2024

Gama e DIG resgatam dois cães em Americana após caso de maus tratos

Casal de moradores utilizava uma abraçadeira de plástico para prender o focinho de um dos cachorros

Cão da raça weimaraner era mantido com o focinho preso com uma abraçadeira de plástico (Foto: Divulgação)

Dois cães foram resgatados de uma situação de maus tratos em um apartamento localizado na Vila Mariana, em Americana, durante a manhã desta quinta-feira (1).

De acordo com a Gama (Guarda Municipal de Americana), no último domingo (27) a corporação foi chamada a comparecer no condomínio, após vizinhos relatarem que um casal de moradores de um dos apartamentos utilizava uma abraçadeira de plástico, também conhecida como “enforca gato”, para prender o focinho de um cachorro e, assim, impedi-lo de latir.
Após a denúncia, os guardas civis foram até o local e constataram os maus tratos, porém não havia moradores no local no momento.
O caso foi apresentado pela Gama na CPJ (Central de Polícia Judiciária), onde foi expedido um mandado de busca e apreensão no endereço. O grupo contra maus tratos que atuam com o deputado estadual Bruno Lima (PSL) auxiliou na ocorrência.
Durante a manhã desta quinta-feira, o mandado foi cumprido por equipes da Gama e da DIG (Delegacia de Investigações Gerais), que conseguiram resgatar dois cães, um macho da raça weimaraner, chamado “Zeus”, e uma fêmea vira-lata, chamada “Costelinha”.
Um colombiano, L. R. P. A de 25 anos, responsável pelos cães, foi conduzido até a DIG, onde prestou depoimento e foi liberado.
Os animais resgatados foram apreendidos e encaminhados para a ONG Amor de Bicho, onde passaram por atendimento veterinário.
Costelinha e Zeus após terem sido resgatado por grupo que atua com deputado Bruno Lima, com apoio da Guarda (Foto: Divulgação)

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também