sábado, 15 junho 2024

Saída de ministro atrasa projeto para Gruta Dainese, diz Chico

 Segundo o prefeito Chico Sardelli (PV), a Administração estava em tratativas para obter uma verba de R$ 25 milhões do governo federal para as intervenções na gruta, mas as negociações terão, agora, que ser retomadas

Segundo informações da Secretaria de Meio Ambiente de Americana, os R$ 25 milhões seriam utilizados em um grande projeto de revitalização de toda a área da Gruta Dainese ( Foto: Reprodução/Youtube)

A saída do ex-ministro Ricardo Salles do comando do Ministério do Meio Ambiente na semana passada deve atrasar planos da Prefeitura de Americana de revitalizar a área da Gruta Dainese.

Segundo o prefeito Chico Sardelli (PV), a Administração estava em tratativas para obter uma verba de R$ 25 milhões do governo federal para as intervenções na gruta, mas as negociações terão, agora, que ser retomadas.

Salles ocupava o cargo desde janeiro de 2019 e deixou o Ministério em meio a polêmicas e graves acusações de participação em um esquema de desvio de madeira ilegal, que rendeu a ele um processo no STF (Supremo Tribunal Federal).

No entanto, com Americana, a tratativa era relacionada à revitalização da Gruta Dainese, área verde de quase 500 mil metros quadrados que há anos é alvo de tentativas de revitalização, pressões políticas e de grupos ligados à defesa do meio ambiente e até de denúncias de desvios de verbas para a revitalização em governos passados.

A informação sobre a tratativa com Salles foi revelada na manhã desta quarta-feira (30) pelo prefeito Chico Sardelli em entrevista à Rádio Vox 90, de Americana. Ele disse que teria uma audiência com o ministro na semana passada para falar sobre a gruta, mas com a demissão, ela não chegou a ocorrer.

A reunião, segundo Chico, era para tratar da liberação de R$ 25 milhões para o município executar obras no local. “De qualquer forma, nós não paramos. Já fiz contato com o deputado Cezar de Madureira (PSD), que está trabalhando nesse sentido, e poderemos ter novidades ao longo do tempo”, disse o prefeito.

Segundo informações da Secretaria de Meio Ambiente de Americana, os R$ 25 milhões seriam utilizados em um grande projeto de revitalização de toda a área da Gruta Dainese, com objetivo de estimular, inclusive, o turismo ambiental e o turismo de maneira geral na cidade.

De acordo com a Pasta, estão previstas ações de educação ambiental, preservação e recuperação a natureza do entorno da gruta, recuperação da parte de flora e fauna, estímulo do turismo ecológico, implantação de espaço cultural, área de esportes e lazer, pista de caminhada, ciclovia, praça de alimentação.

A ideia é que todas as intervenções sigam diretrizes “ecologicamente corretas”, segundo a prefeitura. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também