quarta-feira, 19 junho 2024

Sindicato quer reajuste de 18,10% no salário dos funcionários públicos de Americana

Reunião entre o presidente do sindicato, Toninho Forti, e o prefeito Chico Sardelli (PV), está marcada para a próxima sexta-feira (21) a fim de debater a data-base da categoria  

Uma reunião entre o presidente do sindicato, Antonio Adilson Bassan Forti, o Toninho Forti, e o prefeito Chico Sardelli (PV), está marcada para a próxima sexta-feira (21) (Foto: Divulgação)

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Americana iniciou nesta semana uma campanha de mobilização pelo reajuste salarial de 18,10% para os cerca de 4,8 mil funcionários do município.

Segundo o portal da transparência, são 4.157 servidores na Prefeitura de Americana, 363 na Guarda Municipal e 358 na Fusame (Fundação de Saúde do Município de Americana), que atuam no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi.

Uma reunião entre o presidente do sindicato, Antonio Adilson Bassan Forti, o Toninho Forti, e o prefeito Chico Sardelli (PV), está marcada para a próxima sexta-feira (21) para debater a data-base da categoria e a pauta de reivindicações. Será a primeira reunião de tratativas. O encontro ocorre às 10h.

Toninho afirmou que o objetivo é não retroceder sobre o percentual de 18,10% a ser proposto ao Executivo. “Para nós não (sobre a possibilidade de diminuir o percentual do reajuste a ser solicitado). São direitos que temos de defender. Não tenho uma expectativa ainda, vamos sentar (com o governo), ouvir, mostrar nossos direitos, as perdas que tivemos e ver uma posição. A decisão é sempre do servidor em assembleia”, afirmou.

O texto da campanha divulgado aos servidores fala que “a prefeitura tem o dever de conceder o repasse”.

“Entenda, servidor: com o fim da vigência da Lei nº 173 (mais conhecida como lei do congelamento dos salários), o jogo muda, e a Prefeitura tem o dever de nos conceder o repasse”. “Nós pleiteamos, pelo menos, 18,10% de reajuste salarial, pois estamos há dois anos sem reajuste e com benefícios congelados”, traz outro trecho do texto da campanha salarial.

A reportagem questionou a prefeitura sobre o reajuste a ser proposto e aguarda o posicionamento do Executivo.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também