sábado, 22 junho 2024
ACIP

Associação Comercial e Industrial de Paulínia empossa nova diretoria que tem clube de campo como principal objetivo para o mandato

O presidente é o empresário Wilson Machado, de 63 anos, que já ocupou o cargo entre os anos de 2008 e 2011
Por
João Victor Viana
Foto: Miguel Silva | Rede TODODIA

A Associação Comercial e Industrial de Paulínia (ACIP) empossou sua nova diretoria para o quadriênio de 2024 a 2028. O presidente é o empresário Wilson Machado, de 63 anos, que já ocupou o cargo entre os anos de 2008 e 2011 e agora volta para realizar um novo mandato.

Em chapa única, a assembleia para eleição da diretoria e do conselho fiscal foi realizada no dia 24 de janeiro. Além de Wilson, a diretoria é formada pela vice-presidente Ana Paula G. Fernandes Vilela, diretor financeiro Ailton Garcia Scriptori Filho, diretora administrativa Andressa Brito do Amaral e diretor adjunto Serginho Guete.

Presidente Wilson Machado | Foto: Divulgação

Entre as prioridades da nova gestão estão a expansão do número de associados, entrega de novos serviços e o fortalecimento do comércio. “Hoje nós temos 170 comerciantes aqui dentro de Paulínia, a nossa meta é, simplesmente, 10 vezes mais, chegar a 1000 este ano”, afirmou o presidente.

Para isso, ele anunciou algumas das ações para este objetivo, como cartão ACIP, que servirá como débito em folha de pagamento em funcionário público e do comércio, porém, com a utilização permitida somente no comércio local. “Com essa ação, a gente vai tentar deixar o dinheiro em Paulínia e com isso vamos agregar 3, 4, 5 milhões por mês. Nós precisamos passar isso para a Câmara Municipal e fazer a solicitação”, explicou.

Além disso, outras parcerias serão implantadas visando contribuir com o trabalho dos comerciantes. O projeto é incorporar à ACIP um escritório de cobrança e uma agência de publicidade, agregando valor e diminuindo os custos dos empresários na aquisição destes serviços.

Porém, o objetivo principal, é um sonho que vem desde o primeiro mandato, é o plano de implantação de um Clube de Campo para os funcionários do comércio e da prefeitura. O projeto inclui piscinas, playground, centro comercial, praça de eventos, academia e toda infraestrutura de um complexo de lazer completo em uma área de mais de três alqueires.

“Um funcionário que ganha dois salários mínimos, que lazer ele tem? Nós temos que dar dignidade às pessoas. Já temos empresários com terras querendo participar e empreendedores que querem investir no clube. Acredito que este ano a gente já tenha um start sobre isso”, disse Wilson.

Diante de tantos projetos e planos, Wilson Machado afirma que ao fim do mandato pretende descansar e curtir mais a vida, e, por isso, o trabalho a ser realizado precisa deixar uma boa herança para a sequência da ACIP. “Espero deixar um legado para os futuros presidentes, deixar uma marca, é uma missão também que a gente tem”, garantiu.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também