Segunda, 06 Dezembro 2021

Bacias PCJ vão ganhar dois novos reservatórios

CidadesAbastecimento

Bacias PCJ vão ganhar dois novos reservatórios

Este é o programa do governo de São Paulo, "Água é Vida", divulgado na última quinta-feira 

Lançamento do Programa "Água é vida" - Programa de Revitalização e Sustentabilidade Hídrica (Foto: Governo do Estado Sâo Paulo/ Divulgação)
O governo de São Paulo apresentou na última quinta-feira o programa "Água é Vida", com o objetivo de reforçar a segurança hídrica e beneficiar mais de 2,1 milhões de pessoas em todas as regiões do Estado. Nas Bacias PCJ (dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), que abastecem toda a região, o governo promete investir na construção de dois reservatórios, que juntos vão somar investimentos da ordem de R$ 150 milhões. A informação é do Consórcio PCJ.

Ainda segundo o órgão, a localização dos novos reservatórios ainda será confirmada pelo estado, mas a região já especula sobre prováveis locais.

De acordo com o presidente do Conselho Fiscal do Consórcio PCJ e vereador de Rio Claro, Júlio Lopes, que esteve presente no anúncio do governo paulista, uma das barragens será levantada entre Rio Claro e Ipeúna, no Rio Passa Cinco. A informação, segundo o vereador, teria sido confirmada pelo secretário executivo da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, Luiz Ricardo Santoro.

Outro município associado ao Consórcio PCJ revelou a localização do segundo reservatório, previsto pelo programa. A prefeitura de Indaiatuba, na RMC (Região Metropolitana de Campinas), informou que o superintendente do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgotos), Pedro Claudio Salla, esteve no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, e confirmou que a cidade será beneficiada com uma verba de R$ 70 milhões para construção da barragem do Ribeirão Piraí, que envolve os municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal do Ribeirão Piraí (Conirpi), que são Indaiatuba, Salto, Itu e Cabreúva.
O programa será gerenciado pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente e está dividido em quatro eixos principais: "Águas Subterrâneas", "Rios Vivos", "Barramentos" e "Cooperação Técnica com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento".

No total, o estado vai investir R$ 400 milhões em ações, como perfuração de poços profundos em 120 cidades e revitalização de 3 mil quilômetros de rios ao longo de 260 municípios. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 07 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/