Quinta, 29 Julho 2021

Ações de conscientização marcaram o Maio Laranja em Campinas

CampinasMaio Laranja

Ações de conscientização marcaram o Maio Laranja em Campinas

Foram promovidas lives e o lançamento de uma cartilha sobre abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes

18 de maio- Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (Foto: Reprodução)

Diversas ações de conscientização da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas marcaram o Maio Laranja. Houve o lançamento de um hotsite (https://smpdccampinas.wixsite.com/maiolaranja/), atos públicos com a sociedade civil, distribuição de cartilhas e promoção de lives.

"É muito importante coibir abusos contra crianças e adolescentes. Para isso, o poder público precisa da participação da sociedade. Juntos conseguimos combater esse mal", afirmou Vandecleya Moro, secretária municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos de Campinas.

O hotsite criado pela prefeitura oferece telefones úteis de contato para denúncias, cartilhas informativas para profissionais da rede de atendimento, pais e responsáveis, bem como materiais lúdicos que podem ser acessados pelas próprias crianças e adolescentes. O conteúdo permanece no ar. Os materiais virtuais do hotsite foram acessados por mais de 5 mil pessoas.

No dia 18, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a Prefeitura de Campinas realizou atos com a sociedade civil para reforçar a importância do tema.

Foram promovidas também lives temáticas com a participação de jovens, profissionais da rede de atendimento das Secretarias Municipais, dos Conselhos Tutelares, Ministério Público, Delegacia de Defesa da Mulher, Poder Legislativo e sociedade civil. Nas lives, foram abordadas as políticas públicas para o enfrentamento à violência e exploração sexual, o papel da Proteção Social Básica no enfrentamento ao abuso, a articulação do Sistema de Garantia de Direitos, a importância do diálogo entre a juventude e a educação em contextos periféricos, a possibilidade de utilização da arte na prevenção à violência, dentre tantos outros olhares que puderam contribuir para o sucesso do Maio Laranja. O Programa Juventude Conectada também ofereceu uma formação virtual na semana do 18 de maio para seus bolsistas.

O mês também contou com o lançamento de uma cartilha com os nove sinais indicativos de que a criança ou o adolescente pode estar sofrendo um abuso. A cartilha, além de auxiliar na identificação desses sinais, também traz os telefones e canais de denúncia para a população. As cartilhas foram distribuídas aos CRAS, DAS e organizações da sociedade civil no município.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 29 Julho 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/