quarta-feira, 19 junho 2024

Campinas reduz período de ‘Toque de Recolher’

Os estabelecimentos considerados essenciais poderão funcionar até as 21h, com limite de ocupação de 40%

Fiscalização | Toque de Recolher volta a iniciar às 21h (Foto: Carlos Bassan/ Prefeitura de Campinas)

Sede da Região Metropolitana, Campinas reduziu nesta quinta-feira (1) o período do “Toque de Recolher” adotado na cidade em decorrência da pandemia de Covid-19: agora, ao invés de iniciar às 19h, a abordagem a pessoas e veículos nas ruas volta ao horário anterior, entre 21h e 5h, durante o tempo em que a cidade estiver nas fases Emergencial, Vermelha e de Transição do Plano São Paulo de combate ao novo coronavírus.

Assim, os estabelecimentos considerados essenciais poderão funcionar até as 21h. Este horário vale, inicialmente, até 15 de julho para comércio e serviços como shoppings, restaurantes, padarias, academias de esportes, salão de beleza, atividades religiosas e culturais, entre outras. O limite de ocupação dos espaços está mantida em até 40%.

TRANSPORTE
Com a mudança no horário do Toque de Recolher, a Secretaria de Transportes e a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) anunciaram novos ajustes na programação do sistema de transporte público coletivo municipal, no período noturno. Desde ontem, as linhas retomam a operação normal praticada antes do Toque de Recolher às 19h.

Não haverá mais viagens apenas de hora em hora. As linhas que atendem centros de compras como shopping centers, serão ajustadas para o novo horário de fechamento das lojas. Por volta das 23h será realizada a última viagem das linhas troncais. A operação diurna do transporte público não sofrerá alterações.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também