quinta-feira, 18 abril 2024

Campinas volta a fechar tudo a partir das 19h

O toque de recolher abrange todas as atividades comerciais (comércio de rua, shoppings, galerias), mercados, supermercados e padarias, bem como atividades religiosas, restaurantes, salões de beleza, clínicas, clubes e academias, hotéis e eventos 

Prefeito de Campinas  Dário Saadi (Republicanos) anunciou o fechamento de serviços, comércios e atividades ( Foto: Divulgação/Prefeitura Campinas)

A Prefeitura de Campinas ampliou o toque de recolher na cidade para tentar conter da Covid-19. Em “live” nas redes sociais nesta sexta-feira (18), o prefeito Dário Saadi (Republicanos) anunciou o fechamento de serviços, comércios e atividades das 19h às 5h, a partir de segunda-feira (21) – e não mais das 21h às 5h. A medida tem validade, inicialmente, até 30 de junho.

Além de ampliar o toque de recolher, a prefeitura também proibiu, em decreto, o consumo de bebidas alcoólicas em vias e espaços públicos, e também nas dependências de postos de abastecimento de combustíveis, entre 19h e 5h, com multa de R$ 1.515,44 (400 unidades fiscais do município) para quem for flagrado desrespeitando a regra, que começa a valer hoje.

O decreto também prevê multa aos postos de combustíveis flagrados com pessoas consumindo bebidas em suas dependências no período do toque de recolher, no valor de R$ 3.030,88 (800 Ufic). Em caso de reincidência, a multa dobra para R$ 6.061,76 e o local será lacrado.

O toque de recolher abrange todas as atividades comerciais (comércio de rua, shoppings, galerias), mercados, supermercados e padarias, bem como atividades religiosas, restaurantes, salões de beleza, clínicas, clubes e academias, hotéis e eventos.

No boletim epidemiológico desta sexta, a prefeitura confirmou mais 18 mortes por Covid-19, elevando o total de óbitos para 3.554 desde o início da pandemia. Já o número de infectados subiu mais 700 casos, e o total chegou a 109.251. Em relação aos leitos Covid-19, o SUS registra 98,15% de ocupação nos 163 leitos – apenas três leitos vagos, para grávidas. Havia ontem 32 pacientes na fila por UTI. 

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também