sexta-feira, 14 junho 2024

Polícia Civil investiga as causas do acidente na Rodovia Anhanguera em Sumaré

Vitimas do acidente, pai, mãe e filha foram sepultados nesse domingo (29) em Campinas 

O grave acidente de trânsito ocorrido nesse sábado (28) na Rodovia Anhanguera, envolvendo três veículos deixando quatro pessoas mortas na altura de Sumaré está sendo investigado pela Polícia Civil.

A Secretaria de Estado da Segurança Pública confirmou que o motorista da Picape Montana trafegou na contramão de direção por cerca de 4 km, quando na altura do km 109, veio colidir frontalmente com veículo Citroën C3 e na lateral de um Renault Sandero.

Entre os mortos, estão três ocupantes do Citroën C3, pertencentes à mesma família, sendo pai, mãe e filha, identificados como Paulo Vasconcelos de 54 anos, Silvana Vasconcelos de 49 anos e Tayane Vasconcelos de 20 anos. O quarto ocupante do veículo, um menino de 11 anos, é sobrinho do casal que faleceu nesse triste acidente. Ele foi socorrido pelo helicóptero Águia da Polícia Militar e levado até o Hospital das Clínicas da UNICAMP em Campinas.

A Família foi velada no Memorial de Hortolândia na manhã desse domingo (29) e o sepultamento aconteceu às 16h no Cemitério dos Amarais em Campinas.

A família teria saído do bairro Nova Veneza em Sumaré e estaria indo visitar familiares na Vila Padre Anchieta em Campinas.

A quarta vítima fatal desse acidente é condutor da Montana, identificado como Luciano Aparecido da Silva de 46 anos.

A Polícia investiga o que teria feito o condutor trafegar na contramão de direção. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, a região em que aconteceu o acidente é extremamente sinalizada e de difícil acesso para trafegar na contramão. A Polícia não descarta a possibilidade do motorista da Montana não estar consciente do que estava fazendo. A perícia deve apontar as causas e esclarecer dúvidas dessa triste fatalidade.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também