PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Cidades recebem ‘mapa’ para evitar enchentes

Documento indica áreas com riscos de desastres e também medidas preventivas para garantir segurança

Dez cidades da RMC (Região Metropolitana de Campinas) receberam na última semana a carta de suscetibilidade a movimentos gravitacionais de massa e inundações, uma espécie de ‘mapa’ para prevenção de enchentes. Campinas, Cosmópolis, Engenheiro, Holambra, Hortolândia, Jaguariúna, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira e Santo Antônio de Posse entraram para o seleto grupo de 435 municípios brasileiros, de um total de 5.570, que possuem o documento.

PUBLICIDADE

A carta de suscetibilidade indica áreas com risco de desastres, como deslizamentos, inundações e enchentes nas cidades – e é importante para o mapeamento, monitoramento e medidas preventivas (que dependem dos municípios) para garantir a segurança dos moradores que residem em áreas de risco.

“Com esse documento, teremos mais condições de planejar nossas ações e tornar nossa cidade ainda mais segura e preparada para eventuais desastres”, avaliou Paulo Bichof, coordenador da Defesa Civil de Nova Odessa. As cartas atendem ao Plano Nacional de Gestão de Riscos e Respostas a Desastres Naturais, lançado em agosto de 2012 pelo Governo Federal, e às diretrizes da Política Nacional de Proteção e Defesa Civil, estabelecida pela lei federal no 12.608/2012, que altera o Estatuto das Cidades e torna obrigatório o mapeamento como ferramenta de planejamento urbano, infraestrutura, gestão de recursos hídricos e uso e ocupação do solo.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This