segunda-feira, 22 julho 2024

Com mais sete casos, região tem 17 infectados por varíola

Santa Bárbara tem mais quatro casos da doença; Americana, Paulínia e Sumaré confirmaram terceiro  

CONFIRMAÇÃO | Somente ontem, região registrou sete casos de varíola dos macacos (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou nesta segunda-feira (22) mais sete casos de varíola dos macacos na região: Americana, Paulínia e Sumaré registraram o terceiro caso da doença. Santa Bárbara d’Oeste relatou o sexto caso, sendo quatro de uma só vez. Com essas novas infecções, a microrregião contabiliza 17 pessoas afetadas pela varíola.

A Secretaria de Saúde de Paulínia também informou o novo caso. A confirmação veio através das redes sociais. O paciente é um homem de 31 anos e apresenta quadro clínico estável. Ele é acompanhado na rede municipal de saúde e monitorado pelas autoridades sanitárias do município. Segundo a assessoria, não há informações se o homem tem histórico de viagem.

Os dois primeiros casos de varíola dos macacos na cidade foram confirmados em 27 de julho e 1º de agosto, com apenas uma semana de diferença entre eles. O primeiro paciente com a doença foi um homem, de 27 anos, e no segundo caso também é um homem e tem 19 anos. Ambos com quadro clínico estável.

A Secretaria de Saúde de Americana informou que um homem de 37 anos foi diagnosticado com varíola dos macacos. O paciente mora no bairro Vila Santa Maria e não possui histórico de viagem ou contato com pessoas infectadas. O quadro é estável, segue em isolamento e é acompanhado pelo Serviço Especializado em Infectologia (SEA).

Os outros casos da cidade foram divulgados nos dias 27 de julho e 15 de agosto. Ambos são homens de 27 e 30 anos, respectivamente. Os dois pacientes têm situação estável, cumprindo isolamento e sendo acompanhados pelo SEA.

Em Sumaré, o terceiro caso é um homem de 26 anos, morador da região central. Ele está em isolamento domiciliar e é monitorado pelas equipes da Secretaria de Saúde.

Os dois outros casos da doença foram confirmados há uma semana, no dia 15 de agosto. Os moradores diagnosticados com a doença são homens: um de 26 anos e outro de 28, e moram na região do Matão e do Picerno. Ambos cumprem isolamento domiciliar e têm estado de saúde estável.

Hortolândia tem um registro, assim como Nova Odessa. Já Santa Bárbara totaliza seis casos. Foram quatro confirmações ontem. Os novos casos são homens com 32, 22, 30 e 42 anos. Os pacientes, segundo a pasta, passam bem, estão em isolamento em suas casas e são monitorados pela Vigilância Epidemiológica.

As outras cidades da Região Metropolitana de Campinas que também confirmaram casos de varíola dos macacos são: Campinas, Indaiatuba, Jaguariúna, Vinhedo e Valinhos.

Campinas é o município com o maior número de casos, registrando 43 pacientes com a doença. Indaiatuba, Jaguariúna, Vinhedo e Valinhos registraram dois casos cada.

ORIENTAÇÕES
As Secretarias de Saúde dos municípios orientam toda a população a não ter contato direto com lesões, secreções de pessoas infectadas e manter distanciamento, principalmente de pessoas com suspeita e infectadas com a varíola dos macacos.

Além das lesões e bolhas na pele, os sintomas são dor de cabeça, febre, linfonodos aumentados, dor nas costas e fraqueza.

Em caso de suspeita, a recomendação aos moradores é para que procurem uma unidade de saúde mais próxima.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também