sábado, 20 abril 2024
MOBILIDADE URBANA

Começam as obras da construção do viaduto da Avenida João Argenton, em Sumaré

Obras realizada pela Rumo, empresa responsável pela malha ferroviária, deve ter previsão de entrega de 10 meses
Por
Isabela Braz
Foto: Divulgação

No começo desta semana, Sumaré deu início às obras de construção do viaduto Avenida João Argenton, no Jardim Primavera, que vai eliminar cruzamento de veículos sobre a linha férrea. A estimativa do término das obras feita pela Rumo, empresa responsável pela malha ferroviária, é de 10 meses – podendo ter alterações de acordo com as condições climáticas.

O anúncio das obras foi feito na semana passada, pelo prefeito Luiz Dalben (Cidadania), junto ao Deputado Estadual Dirceu Dalben (Cidadania), responsável por intermediar o projeto.

“É um antigo sonho que vai se tornar realidade. Trata-se de uma obra que vai trazer mais fluidez no trânsito e segurança aos motoristas. Vamos acompanhar de perto a construção deste dispositivo que trará muitas melhorias para o trânsito de Sumaré”, afirmou o prefeito Luiz Dalben.

O Deputado reforçou que lutou para uma solução que evitasse riscos de acidentes no local e que a construção desse viaduto é um sonho se tornando realidade. “Um dispositivo que era muito necessário e urgente, e que, com a graça de Deus e muito trabalho, em parceria com o prefeito Luiz Dalben, conseguimos tirar do papel!”, explicou o deputado.

De acordo com a Rumo, o tráfego para veículos e pedestres será interditado na região do cruzamento da Avenida João Argenton. Durante o período de obras, toda organização do fluxo rodoviário e sinalização de trânsito no local será feita pela Secretaria de Mobilidade Urbana e Rural, responsável por orientar motoristas e pedestres.

O viaduto terá 120 metros de comprimento e largura de 9,10m. A altura do dispositivo será de 6,75 metros, permitindo que todas as composições, incluindo os trens double-stack (contêineres em dois níveis) circulem pelo local com total segurança.

Segundo Rodrigo Verardino De Stéfani, executivo de Relações Institucionais e Governamentais da Rumo, a obra é uma das contrapartidas da renovação antecipada do contrato da concessão da Malha Paulista, que foi assinado em maio de 2020 entre a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e a Rumo.

Rodrigo reforça que a obra será realizada em parceria com a prefeitura de Sumaré e tem como finalidade garantir um convívio melhor e mais seguro entre a ferrovia e a comunidade. “Um dos principais objetivos da construção do viaduto é otimizar o fluxo rodoviário e ferroviário e garantir um trânsito seguro a todos. Há anos a população reivindicava por essa obra que só foi viabilizada graças a mobilização conjunta entre a iniciativas privada, as lideranças do munícipio, estado e governo federal”, finaliza Rodrigo.

Frente Parlamentar
Para acompanhar a execução das obras previstas no contrato com a Rumo, discutir e propor ações para um melhor aproveitamento da Malha Ferroviária Paulista, o deputado estadual Dirceu Dalben criou na Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) a Frente Parlamentar do Setor Ferroviário, que será lançada oficialmente no próximo dia 26 de outubro, às 14h, no Auditório Paulo Kobayashi.

“Estendo a todos o convite para estarem conosco dia 26 de outubro na Alesp, e participando também das atividades da Frente Parlamentar. Nosso objetivo é discutir ações para fortalecer e ampliar o transporte de cargas sobre os trilhos, retomar o transporte de passageiros por trens e também solucionar estes conflitos que existem nas cidades entre a linha férrea e vias urbanas. Essas são ações de grande importância para alavancar o desenvolvimento do nosso estado e melhorar a vida das pessoas. Queremos discutir estes assuntos e novas políticas públicas junto da população e todos os demais envolvidos. Todos estão convidados!”, finalizou Dalben.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também