quarta-feira, 28 fevereiro 2024
SAÚDE

Depois de 40 anos, maternidade do Hospital Municipal de Americana será reformada

Anúncio foi feito nesta quinta, obras também serão feitas no refeitório do hospital; previsão é que tudo fique pronto no 1º semestre de 2024
Por
João Victor Viana
Fotos: Miguel Silva / Rede TodoDia

Em cerimônia realizada na Secretária de Saúde, a prefeitura de Americana anunciou, na manhã desta quinta-feira (30), que a maternidade do Hospital Municipal “Dr. Waldemar Tebaldi” será reformada depois de 40 anos.

Com a presença do prefeito Chico Sardelli (PV), do vice Odir Demarchi (PSD), do secretário de saúde Danilo Carvalho e de vereadores, o anúncio foi feito junto a membros da pasta que cuidam da saúde do município.

De acordo com o secretário, o parto humanizado é um tema prioritário em sua gestão e, justamente por isso, a reforma da maternidade se fez essencial. “A partir da 30ª, 32ª semana, o ideal é que a mulher vá visitar a maternidade para escolher o tipo de parto que ela quer, seja na bola, na banheira ou em outras diversas modalidades”, explicou.

Ainda segundo Dr. Danilo, a estrutura atual não fornece essa possibilidade de escolha. Com o ambiente revitalizado, a mulher poderá ter essa autonomia, que é de seu direito.

As melhorias serão na totalidade do setor. Troca de pisos, climatização, paredes, móveis planejados e infraestrutura de aparelhos. Um ambiente especial será o quarto “PPP” (pré-parto, parto e pós-parto). O atendimento também receberá melhorias com uma série de cuidados especiais que serão definidos em um trabalho conjunto entre a Secretaria de Saúde, Assistência Social, Fundo de Solidariedade e Santa Casa de Chavantes, instituição que participa da gestão do hospital.

Além da maternidade, o refeitório da unidade pública hospitalar também receberá uma obra. Os dois serviços acontecem em paralelo, sendo que o prazo é de 120 dias para a maternidade e três meses a mais para o refeitório. A expectativa é que a entrega completa ocorra no 1º semestre de 2024.

“A vigilância sanitária fez um relatório de todas as não conformidades. E todas essas citações serão sanadas e o refeitório estará adequado, seguindo as normas ministeriais”, disse o secretário.

O investimento total das duas obras será de R$ 2.800.000, sendo R$1,5 milhão dos cofres municipais, R$1 milhão vindo do Deputado Estadual Alex de Madureira e R$300 mil pelo deputado federal Carlos Zarattini.

“Uma hora tão esperada, principalmente na questão humana, em poder receber as parturientes em um ambiente limpo, agradável e preparado para as mães terem seus filhos e filhas”, comemorou Chico Sardelli.

A Professora Juliana (PT) contribuiu para a conquista dos recursos financeiros junto ao Deputado Carlos Zarattini, e fez questão de marcar presença na cerimônia, mesmo se colocando como oposição do governo. “É a única ala que ainda não tinha sido reformada. Reconheço a importância desse espaço não só para a mulher que está parindo, mas para o próprio bebê porque a gente sabe que isso tem impacto, inclusive no desenvolvimento da criança”, disse a vereadora.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também