terça-feira, 27 fevereiro 2024

Despejo irregular de entulho é flagrado em bairro de Sumaré

A Guarda Civil de Sumaré flagrou o despejo irregular de entulho na Rua Córrego da USP, no bairro Monte Verde, às 16h40 de segunda-feira (10). O caso foi divulgado nesta quarta-feira (12) na página da corporação nas redes sociais.

O flagrante foi feito pelo GPA (Grupo de Patrulhamento Ambiental) da Guarda Civil Municipal. Segundo a corporação, um morador do Jardim Santo Antônio jogava entulho em uma área vazia na tarde de segunda-feira (10/08).

Segundo a corporação, o acusado foi informado que descumpria a Lei nº 6.075/18, que prevê multas e sanções para quem sujar as vias e espaços públicos ou descartar lixo e entulho irregularmente.

Além disso, o acusado foi orientado a recolher o entulho e fazer o descarte em ecopontos espalhados pela cidade.

O prefeito Luiz Dalben (PPS) comentou na publicação da corporação que a determinação é evitar o despejo clandestino. “Temos uma grande preocupação com a preservação do meio ambiente. A ronda por parte da nossa Guarda Municipal é para inibir o descarte de lixo doméstico, entulho e demais objetos em locais inapropriados, e a ação tem sido eficiente frente a um problema que ocorre em toda a cidade”, mencionou.

O prefeito em 2018 sancionou a Lei 6.075 do ex-vereador e atual deputado estadual Dirceu Dalben (PL). A lei estipula multa de R$ 400 a cada infração cometida e, nos casos de reincidência, o valor dobra para R$ 800. Se o entulho tiver mais de 1m3, será proporcional à área ocupada, variando de R$ 1.000 a R$ 4.000.

Denúncias sobre descarte irregular podem ser feitas pelos telefones 0800 773- 8900, do GPA , 193 ou (19) 3873-2656, da Guarda, ou nas ARs (Administrações Regionais).

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também