sexta-feira, 12 abril 2024
TREM INTERCIDADES

Dirceu Dalben e Denis Andia participam do leilão ao lado de Tarcísio

Deputado estadual que encabeçou o projeto ferroviário e o secretário nacional de Mobilidade Urbana estiveram no evento nesta quinta-feira (29)
Por
Henrique Fernandes
Foto: Reprodução/Redes Sociais

O deputado estadual Dirceu Dalben (Cidadania) e o secretário nacional de Mobilidade Urbana Denis Andia participaram do leilão do Trem Intercidades ao lado do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), na tarde desta quinta-feira (29), que bateu o martelo na escolha do consórcio C2 para as obras que vai ligar São Paulo a Campinas. “Lá atrás em 2018, o senhor enquanto ministro ( lutando e defendendo a renovação da outorga e o trem de passageiros. E, hoje, Deus nos permitiu e o senhor é o governador e bateu o martelo e é realidade”, disse Dalben ao governador.

“Parabéns, Dirceu, pelo seu trabalho desde aquele tempo pelo trem de passageiros. Hoje, realmente uma realidade e vai atender toda a Região Metropolitana de Campinas. Obviamente, vai atender Campinas, Louveira, Valinhos, Vinhedo, mas vai atender Sumaré, Paulínia e é o primeiro passo de outro que a gente vai dar. Dirceu, muito obrigado”, agradeceu Tarcísio.

O ex-prefeito de Santa Bárbara d’Oeste Denis Andia comentou que o trem intercidades é um sonho antigo do qual participa há mais de uma década, como prefeito de Santa Bárbara d’Oeste e também como presidente da Região Metropolitana de Campinas.

“Agora, como secretário nacional de mobilidade do Ministério das Cidades, tenho a honra de vê-lo sair do papel para se transformar em realidade para os brasileiros da nossa região. Ponto de partida para o desenvolvimento do transporte ferroviário de passageiros e da transformação da mobilidade urbana das nossas cidades. Meus cumprimentos ao governador do Estado de São Paulo, Tarcísio de Freitas, e sua equipe. Além desse, outros bons projetos também nos aproximam pelo trabalho para os paulistas”, disse o atual secretário nacional de Mobilidade Urbana.

Conforme o TODODIA noticiou, o consórcio C2, formado pelo grupo Comporte e Guide Investimentos, venceu o leilão, oferecendo um desconto de 0,01 % sobre a contraprestação pecuniária de R$ 8,06 bilhões.

O trajeto de 101 km levará uma hora e 4 minutos da capital paulista até a cidade campineira, nesta primeira fase, e terá uma parada expressa em Jundiaí. Cada trem poderá levar até 860 passageiros e a tarifa terá o preço máximo de R$ 64. A velocidade média da locomotiva será de 100 km/h, podendo chegar até 140 km/h, sendo o mais rápido do Brasil. A previsão de entrega das obras é 2030.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também