PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Dom Bosco faz missa virtual interativa

Paróquia pede que fiéis contem em vídeo experiência vivida no local e fazem celebração com a participação deles

Neste momento preocupante de aumento crescente das mortes causadas pela Covid-19, muitas pessoas buscam alívio espiritual para seguir em frente. O problema é que os templos religiosos esvaziaram por causa da proibição de aglomerações. 

PUBLICIDADE

A Paróquia São João Bosco, na Vila Santa Catarina, em Americana, encontrou um jeito criativo de se aproximar dos fiéis, mas de forma remota. Lançou a campanha “Conte sua história vivida na Paróquia São João Bosco”. 

Para participar, basta enviar vídeos de curta duração a serem exibidos antes das transmissões das missas pelo Facebook, aos domingos, às 8h45, 15 minutos antes do início da celebração, às 9h. 

PUBLICIDADE

O integrante da Pastoral da Comunicação, Amilcar de Oliveira, informou que os filmes devem ter até dois minutos. 

Devem ser gravados em ambiente silencioso, sem ruídos externos e enviados pelo WhatsApp (19) 98174-7349. Não devem ser gravados contra a luz. O celular deve estar na posição horizontal. “Pode ser para pedir uma bênção, fazer um agradecimento ou contar um fato. Não se esqueça de falar seu nome”, orientou Amilcar. 

Esta foi a forma encontrada pela paróquia para fazer essa conexão com os fiéis. O vídeo seria uma motivação espiritual e poderia contar uma história, com fundo musical, ou o paroquiano pode ler um salmo, explicou o padre Aramis Francisco Biaggi. 

“São temas que podem ser apresentados para entrar no clima de espiritualidade para participar da missa”, explicou o pároco. 

“É uma forma de manter a unidade, o amor e acima de tudo a paz e também a caridade. O que eu sei vou ensinar ao outro, exercer a caridade, o amor fraterno. É isso que vai fazer com que essa onda negativa passe.  Faça o bem. Use da sua inteligência, da sua sabedoria, do discernimento que Deus te deu para o bem maior, para resolver, não para piorar a situação. Seja bom. Use a bondade que Deus te deu, a inteligência para fazer o bem”, conclamou o padre. 

SOZINHO 

Desde 19 de março o padre tem celebrado as missas de forma solitária pela Internet, para uma igreja vazia, na Vila Santa Catarina. 

“Num primeiro momento, é muito triste você ver a igreja vazia, mas ao mesmo tempo nós sabemos que com as novas tecnologias nós temos tido um alcance, em média, de 1.500, 1.800 e, às vezes, até 2.000 pessoas confirmando depois que viram. Alguns ao vivo  – de 150 a 200 pessoas –  e depois outros tantos que acabam visualizando a celebração. Hoje nós sabemos que a tecnologia ajuda muito”, afirmou o padre. 

É claro que ele não considera nada bom nem simpático celebrar a missa para uma igreja vazia, mas afirmou que é necessário seguir as recomendações das autoridades para que todos fiquem em casa para preservar vidas. 

‘É BOM, FAZ BEM’ DIZ PADRE 

O Papa Francisco também tem celebrado missas virtuais. Segundo o padre Aramis, assistir à missa pela televisão e pela Internet é válido, porque fará a comunhão espiritual com Deus, apesar de não poder fazer a comunhão sacramental, ou seja, receber a hóstia.  

Ele recomenda que as pessoas fiquem na sala ou no quarto para assistir à missa pela Internet, em uma posição confortável em uma cadeira e que se coloque em oração. “É bom, faz bem”.  

Ele convidou a todos colocarem as intenções em suas orações àqueles que estão na linha de frente na luta contra a pandemia, como os médicos, enfermeiros e cientistas que buscam remédios para combater “esse vírus que não nos dá sossego”.  

Ao final da missa, orienta as pessoas agradeceram e pedirem para iluminar os líderes e governantes para buscar solução ao problema, mas de forma harmoniosa.   E também pedir em oração para acalentar os corações dos aflitos. 

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This