quarta-feira, 19 junho 2024
MISSÃO AMAZÔNIA

Exposição fotográfica do jornalista Anderson Junque acontece na Biblioteca Municipal

Projeto é fruto de uma expedição do correspondente da Rede TODODIA, junto à população ribeirinha, no Rio Negro; mostra vai estar disponível até o dia 28 de setembro
Por
Nayara Lourenço
Foto: Wagner Max

A exposição fotográfica itinerante “Missão Amazônia: o ser e o existir da população ribeirinha”, do jornalista, fotógrafo e correspondente da Rede TODODIA, Anderson Junque, está disponível na Biblioteca Municipal de Americana, até o dia 28 de setembro.

O trabalho é fruto de uma das expedições do jornalista, junto à população ribeirinha, no Rio Negro, localizado na selva amazônica. Ao todo, 23 imagens despertam reflexões entre o tempo, o homem amazônico e suas vivências.

“Essa exposição, no meu entendimento, é uma continuidade de outros projetos que eu já realizei. Já fiz projetos na África, em Piracicaba, no Mato Grosso e em comunidades indígenas. Quando nós falamos de Amazônia, nós estamos falando do homem amazônico, que pertence à nação brasileira, porém com uma visão de vida completamente diferente, se comparado com essa que nós temos aqui”, explicou Junque.

Após ter saído do Centro Cultural e Biblioteca Profº Léo Sallum, esta é a primeira vez que a exposição acontece em Americana. Para o jornalista, a mostra fotográfica, que ocorre sempre em espaços públicos, contribui com a democratização do acesso à cultura. “Eu penso que, como profissional da comunicação, como um fotógrafo que vai buscar o conhecimento em outros lugares, isso é uma questão fundamental. Você busca para compartilhar, e a gente precisa compartilhar onde as pessoas têm acesso. Por isso, nós buscamos parcerias com os espaços públicos”, disse.

A Biblioteca Municipal de Americana está localizada na Praça Comendador Muller, 172, no Centro. O horário de visitação é das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira. A entrada é gratuita.

Próximos locais
De acordo com Anderson Junque, depois do dia 28 a exposição segue para o colégio Dom Bosco e, posteriormente, para o Centro Cultural Edgard Tricânico, localizado no Conjunto Habitacional Roberto Romano.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também