Terça, 18 Janeiro 2022

Fusão de Suzano e Fibria dá origem a empresa líder mundial na produção de celulose

Fusão de Suzano e Fibria dá origem a empresa líder mundial na produção de celulose

A Suzano Papel e Celulose anunciou a conclusão da fusão com a Fibria, em uma união que cria a maior empresa do mundo na produção de celulose de eucali
A Suzano Papel e Celulose anunciou a conclusão da fusão com a Fibria, em uma união que cria a maior empresa do mundo na produção de celulose de eucalipto, com capacidade de produção de 11 milhões de toneladas por ano.

A nova companhia, que adota o nome de Suzano, é também a maior da América Latina na produção de papel, com 1,4 milhão de toneladas/ano. Uma das 11 fábricas da empresa fica em Limeira, onde funcionava a Ripasa até 2005.

A nova companhia iniciou oficialmente suas operações na segunda-feira (14) e já nasce com um valor de mercado estimado em R$ 79 bilhões, impulsionado pela alta do dólar e da matéria-prima.

O acordo de fusão, anunciado em março de 2018, foi submetido à aprovação de todos os órgãos reguladores nacionais e internacionais.

A operação foi aprovada pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) no Brasil, em outubro, e teve o aval dos Estados Unidos, Turquia, China e União Europeia em dezembro passado.

A nova empresa tem 37.000 funcionários diretos e terceirizados e receita total de R$ 31,7 bilhões nos nove primeiros meses de 2018, com produtos comercializados para mais de 90 países e que fazem parte do dia a dia de bilhões de pessoas.

“Concluímos com êxito a realização de um sonho. A jornada que começa agora é movida pelo desejo de sermos protagonistas na evolução da sociedade e referência no uso sustentável de recursos renováveis”, afirma Walter Schalka, Presidente da Suzano.

REGIÃO
Uma das 11 unidades fabris da empresa no Brasil fica em Limeira, no limite com Americana, às margens do Rio Piracicaba. A fábrica está instalada onde funcionava a Ripasa, empresa que foi adquirida em 2005 pelo Grupo Suzano.

Segundo dados da empresa de 2018, a Unidade de Limeira produz anualmente 700 mil toneladas de celulose e 400 mil toneladas de papel, com um quadro de 2.200 colaboradores próprios de Limeira, Americana e região, e parceiros fixos.

[caption id="attachment_11760" align="alignnone" width="871"] Em Limeira, são produzidos 400 mil toneladas de papel


“A nossa unidade se destaca pelo cuidado com as pessoas, sempre buscando o melhor clima de trabalho, a segurança e o desenvolvimento de seus colaboradores. A estabilidade operacional e a eficiência são marcas desta unidade industrial, que busca ser referência no setor de celulose e papel, no controle ambiental e na qualidade de seus produtos”, afirmou a administração da fábrica.

[caption id="attachment_11762" align="alignnone" width="2480"] Vista Geral da fábrica na unidade Limeira. Fotos: Divulgação/Suzano
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Terça, 18 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/