Sábado, 28 Mai 2022

Garoto atacado por cão é submetido a cirurgia de 4 horas no HC da Unicamp

Garoto atacado por cão é submetido a cirurgia de 4 horas no HC da Unicamp

O menino atacado no rosto por um cão abandonado anteontem no Parque da Liberdade, em Americana, foi submetido a uma cirurgia ontem no HC (Hospital de
O menino atacado no rosto por um cão abandonado anteontem no Parque da Liberdade, em Americana, foi submetido a uma cirurgia ontem no HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp, em Campinas. O cachorro foi morto por populares após o ataque.
 
Bianca Ferraz Alves, coordenadora do projeto social "Semear" - do qual o menino e os irmãos participam -, e que está com a família desde o ocorrido, disse que a criança sofreu dois cortes profundos no rosto, sendo que o lado direito da face foi o mais afetado. De acordo com ela, foi necessário, inclusive, um enxerto de pele. Apesar da gravidade, o estado de saúde da criança é estável, informou a coordenadora.
 
"Ele entrou no centro cirúrgico às 10h10 e a cirurgia durou cerca de quatro horas. Os médicos fizeram um ótimo trabalho e uma sutura muito bem feita. Acredito que ficará pouco marcado", disse ela.
 
Ainda segundo Bianca, a família ainda não teve tempo de fazer um BO (Boletim de Ocorrência), em função da correria para socorrer o menino, que completou 6 anos ontem, no hospital onde permanece internado.
 
De acordo com a Secretaria de Saúde, o cão, que foi abandonado no local por um desconhecido momentos antes do ataque, é da raça boxer. O corpo do animal foi recolhido pelo Centro de Controle de Zoonoses na terça à noite, horas após o ocorrido. Como o cachorro não possui qualquer identificação, seu proprietário também não tinha sido identificado até ontem.
 
Questionada sobre possíveis exames para verificação de raiva no animal, a Secretaria informou que "como se trata de cão agressor que veio a óbito antes do período de observação para raiva (10 dias), será coletado material para diagnóstico da doença".
 
Caso seja identificado, o proprietário do cachorro pode ser processado por ausência de cautela e enquadrado por permitir a fuga ou por abandono do animal, de acordo com a Lei Municipal 4547/2007.
 
A multa para essa infração varia de R$ 300 a R$ 3 mil, sendo dobrada em caso de reincidência.
 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Sábado, 28 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/