domingo, 21 abril 2024
DENYO GUILHERME

Gritos por Justiça em caminhada e homenagem ao jovem atropelado de bicicleta

Amigos e familiares se reuniram na Escola Estadual “Dr. Heitor Penteado” na tarde desta quarta-feira (27), quando a vítima completaria 16 anos
Por
Henrique Fernandes
Vídeo: Lorenna Gasparotte/Rede TodoDia

Com pedido de Justiça e aos gritos de “todos por Denyo”, familiares e amigos de Denyo dos Santos Guilherme, de 15 anos, que faleceu na última quinta-feira após ser atropelado com sua bicicleta, prestaram homenagem ao adolescente na Escola Estadual “Dr. Heitor Penteado” na tarde desta quarta-feira (27), quando ele completaria 16 anos.

O pai de Denyo, Cícero Rosana Guilherme, de 61 anos, contou emocionado ao TodoDia como foi passar o Natal sem o filho. “Ele era um filho exemplar. Era um menino sonhador. Infelizmente, por causa de uma pessoa que não obedece às Leis de trânsito, mas infelizmente ele foi. Vamos lutar por outros pais que têm filhos que andam de bicicleta para não acontecer isso. Essa é minha revolta. Pra mim não teve Natal e não vai ter Ano Novo. Até preferi ficar sozinho porque passava com meu filho. Estava sempre comigo e eu dava todo apoio”, disse.

O grupo caminhou até a Delegacia Seccional da Polícia Civil e a Prefeitura de Americana com cartazes. Os amigos comentaram como o jovem era bem-humorado e transmitia alegria por onde passava. Eles pediram instalação de mais ciclovias na cidade para segurança dos ciclistas. Já os familiares buscam, através de advogados, esclarecimento dos fatos. “Eu tenho fé em Deus que vou conseguir essa Justiça. Já tem advogado vendo isso pra mim. Vou trabalhar nem se for a última coisa da minha vida e precisa ser esclarecido”, complementou.

Camisas dos times que Denyo jogou foram expostas inclusive a camisa 8 do CT Torino que foi aposentada em homenagem ao adolescente. Medalhas também foram mostradas pelo pai em frente ao colégio. Velas foram acessas junto aos cartazes feito por colegas.

A tragédia ocorreu no fim da noite desta quinta-feira (21), por volta das 22h30. De acordo com o boletim de ocorrência, a condutora estava acompanhada de seu pai e informou que seguia sentido bairro, quando parou no cruzamento, e teria olhado para baixo no sentido da via, de onde não vinha nenhum veículo. Então avançou.

Denyo estava na contramão, segundo a versão apresentada. A Unidade de Resgate dos Bombeiros conduziu o garoto até o Hospital Municipal de Americana. Ele estava inconsciente e com sangramento pela boca. O pai foi chamado ao hospital e informado do óbito do filho.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também