Quinta, 27 Janeiro 2022

Grupo protesta diante da Basílica

Grupo protesta diante da Basílica

Cerca de 90 pessoas fizeram, no último domingo, uma lavagem simbólica das escadarias da Basílica de Santo Antônio, em Americana, em protesto contra o
Cerca de 90 pessoas fizeram, no último domingo, uma lavagem simbólica das escadarias da Basílica de Santo Antônio, em Americana, em protesto contra o bispo da Diocese de Limeira, Dom Vilson Dias de Oliveira, e contra o padre afastado Pedro Leandro Ricardo, investigados em inquéritos abertos pela Polícia Civil por suspeita de crime de apropriação indébita de recursos do Santuário.

O prejuízo da Igreja Católica seria de, no mínimo, R$ 1,2 milhão.

Contra o padre afastado também pesam acusações de abusos sexuais de menores. Eles negam irregularidades.

O grupo de manifestantes amarrou nas grades que cerca a igreja cartazes com mensagens como "Chega de abuso", "SOS Vaticano", "Renuncia Dom Vilson" e "Cadeia neles".

Eles também levaram baldes, garrafas com água e vassouras para lavar as escadarias da igreja, em um ato de desagravo pelas denúncias. Depois da "limpeza", fizeram orações pela Igreja Católica.

Uma das organizadoras, Dirce Rocha ficou satisfeita com o resultado. "Nosso movimento foi pacífico e realmente alcançamos o objetivo. Chega destes abusos dentro e fora da igreja, desses opressores que oprimem voluntários e fiéis. Não compactuamos com esse abuso. Que os envolvidos sejam punidos pela lei dos homens, pois da lei de Deus não escaparão", afirmou.

O evento foi organizado pelas redes sociais após a divulgação, na semana passada, de denúncias envolvendo os religiosos.

Padre Leandro foi substituído pelo Padre Edmilson José da Silva no domingo retrasado, um dia após pedir licença para cuidar de sua saúde.

Uma investigação foi aberta pela polícia e corre em segredo de justiça. A Diocese também investiga o caso, em segredo eclesial.

Diocese, padre Leandro, bispo Dom Vilson e até o Vaticano são insistentemente procurados desde a semana passada pela reportagem para comentar as denúncias, mas optaram pelo silêncio e não dão declarações.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Quinta, 27 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/