sábado, 25 maio 2024
POLUIÇÃO DE CORPOS D'ÁGUA

Guarda flagra despejo de esgoto em afluente do Rio Piracicaba

Descarte foi registrado pela segunda vez em menos de um mês; origem seria de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Iracemápolis (SP)
Por
Henrique Fernandes
Foto: Reprodução / Frame Vídeo

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Piracicaba flagrou uma contaminação de esgoto no Ribeirão Cachoeira, afluente do Rio Piracicaba, na altura do Bairro Água Santa. De acordo com a GCM, a origem da poluição seria uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Iracemápolis (SP).

Foram acionados a Polícia Científica e a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo). Um boletim de ocorrência foi registrado na UPJ (Unidade de Polícia Judiciária) de Piracicaba. Nas imagens registradas é identificada espuma oriunda de esgoto, como ocorreu no mês de setembro.

Na época da primeira denúncia, a Cetesb disse que três multas foram emitidas para a Prefeitura de Iracemápolis, no total de quase R$ 500 mil. A Companhia informou que acompanha o caso. Existe uma investigação por parte do MP (Ministério Público).

Outro lado
A Prefeitura de Iracemápolis informou que realizou uma limpeza do lodo em julho e que essa medida demoraria três meses para surtir efeito. “Além disso, uma troca de tubulação está programada e outros investimentos estão sendo feitos para resolver esse problema, segundo a administração”, disse.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também