Domingo, 25 Julho 2021

Hortolândia adia retomada das aulas presenciais para julho

CidadesAdiamento

Hortolândia adia retomada das aulas presenciais para julho

Previsão de volta em junho é novamente descartada pela prefeitura e retorno de 26 mil alunos é suspenso
 

Os alunos deverão continuar tendo as aulas no sistema online (Arquivo/ Todo Dia)

A Prefeitura de Hortolândia adiou em mais um mês o retorno às aulas presenciais nas 58 unidades da rede municipal de ensino por conta do cenário preocupante da pandemia na cidade e na região. A previsão era de retorno dos cerca de 26 mil alunos a partir de 14 de junho, mas a data foi prorrogada para 12 de julho.

De acordo com informações da prefeitura, o Protocolo de Retomada das Aulas na Rede Municipal de Educação de Hortolândia será alterado e republicado no Diário Oficial do Município.

"A decisão foi tomada para reafirmar o compromisso com a saúde e a vida dos profissionais, alunos, comunidade escolar e toda a rede de educação e após a avaliação do cenário municipal e regional frente à pandemia, onde o número de casos não está diminuindo consideravelmente, liberando leitos em hospitais, pois a escola é um organismo vivo e causa um grande movimento na sociedade", informou a prefeitura em nota.

O município citou ainda que foi levada em consideração a experiência de outras cidades que retomaram as aulas presenciais e registraram um aumento no número de casos.

Com o adiamento, a rede municipal de educação continuará com aulas remotas, por meio do Portal Educação na Rede, onde são postadas atividades pedagógicas, através da disponibilização de atividades impressas nas unidades escolares e, também, através do programa no canal do Youtube da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia "Hortolândia: Território de Saberes".

Nesta segunda-feira (31), Hortolândia apresentava 106 pacientes internados, sendo 73 positivos para Covid-19 e 33 em investigação. A cidade soma 15 mil casos confirmados e 523 óbitos. Foram vacinadas com a primeira dose 39,7 mil pessoas, e 21,6 mil com a segunda dose.

PARTICULARES

O decreto municipal deve manter a autorização da retomada das atividades escolares presenciais na rede de educação estadual e particular, sendo obrigatório o atendimento aos protocolos de saúde e a porcentagem de alunos estipulada no Decreto do Estado de São Paulo para cada fase. 

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Segunda, 26 Julho 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://tododia.com.br/