quarta-feira, 19 junho 2024
ENTREVISTA

Edivaldo Araújo destaca papel do Legislativo no desenvolvimento de Hortolândia

Presidente da Câmara elogia administração do prefeito Zezé Gomes e ressalta as conquistas do Município nos últimos anos
Por
DANILO BUENO
Presidente da Câmara, Edvaldo Souza Araújo – Foto: Alessandro Araujo / TV TODODIA

O presidente da Câmara de Hortolândia, Edivaldo Sousa Araújo, afirma que o Poder Legislativo tem um papel importante no desenvolvimento da cidade e que trabalha junto com o Executivo para aprovar os projetos de interesse da população.

Em entrevista ao TODODIA, Edivaldo elogia a administração do prefeito Zezé Gomes e os mitos avanços conquistados nos últimos anos. “Hortolândia deu um passo à frente na questão de desenvolvimento, de estruturação, de qualidade de vida”, diz ele.

Leia a entrevista a seguir.

TODODIA: Presidente, muito obrigado por nos receber na Casa do Legislativo, a Casa do Povo de Hortolândia para falarmos a respeito dos 33 anos de aniversário de emancipação da cidade.
EDIVALDO SOUSA ARAÚJO: Eu te agradeço, a gentileza do Jornal TODODIA, vamos procurar saber um pouco mais da nossa cidade, dos trabalhos aqui do Poder Legislativo.

Presidente, como que é para o senhor a participação do Legislativo na proposição, na criação de leis que influenciam o dia a dia do povo hortolandense?
O Poder Legislativo tem um papel extremamente importante no desenvolvimento da nossa cidade desde o momento da emancipação, 33 anos atrás. Pois tudo o que acontece no município passa pelo Poder Legislativo, passa por esta Casa para apreciação, votação ou rejeição de algum projeto que venha do Executivo e também muitos projetos vindos dos próprios vereadores, dos nossos companheiros, para o desenvolvimento da nossa cidade, para fazer da nossa cidade uma cidade cada vez melhor.

E neste ano Hortolândia ganhou até uma projeção nacional e internacional com as políticas voltadas para a eficiência energética, para o desenvolvimento do meio ambiente, tivemos bastante ganhos nesse sentido. Como que foi a atuação do Legislativo?
A atuação foi sempre proativa, né? Todos os projetos que vieram do Executivo para que a gente conquistasse esses títulos de reconhecimento nacional e até internacional foram frutos do nosso trabalho aqui. Enquanto Legislativo, teve a cooperação dos vereadores, da presidência desta Casa, que sempre pautou com precisão, com exatidão os projetos.

Foi coisa absurda, se comparado com as cidades vizinhas, que não vou citar o nome, mas Hortolândia deu um passo à frente na questão de desenvolvimento, de estruturação, de qualidade de vida.

EDIVALDO ARAÚJO
Presidente da Câmara de Hortolândia
Presidente da Câmara, Edvaldo Souza Araújo em entrevista ao âncora Danilo Bueno – Foto: Alessandro Araujo / TV TODODIA

E pensando na participação popular, uma vez que a Câmara Municipal é a Casa do Povo, porque é o poder que está mais próximo da sociedade, como está a sociedade em termos de participação com os vereadores? Tem esse contato próximo?
No individual, cada vereador tem o seu jeito de trabalhar e a sua participação com o eleitor, com a população. Mas, pensando da minha forma de administrar, a gente deu sequência no Parlamento Jovem, que é um projeto aqui da nossa Câmara, que várias câmaras têm, e nós tínhamos parado desde a pandemia, a gente não deu sequência, e eu dei sequência ano passado no Parlamento Jovem, colocamos em prática novamente. Agora estamos em fase de aprovação da Escola do Legislativo também, isso é para atrair a população, para vir para a Casa, para participar de curso, para que as pessoas sejam mais orientadas, mais qualificadas, não só a população, mas também até o nosso país. E os nossos próprios companheiros vereadores. Então, já foi feita a leitura da Escola do Legislativo, estamos montando a questão estrutural de funcionalidade dela para colocar em prática.

Presidente, observando toda essa legislatura, que se encerra neste ano, em 31 de dezembro, o momento que a cidade estava quando se assumiu, e agora estes últimos sete meses que restam, como que foi a transformação que vocês veem na cidade nesses últimos quatro anos?
Foi coisa absurda, se comparado com as cidades vizinhas, que não vou citar o nome, mas Hortolândia deu um passo à frente na questão de desenvolvimento, de estruturação, de qualidade de vida. Por exemplo, esse parque que temos aqui atrás, onde passa de segunda a segunda um número de pessoas fora do comum… Às vezes, a gente ficava imaginando onde que essa população ia quando não tinha esse parque, então tem atividade de segunda a segunda, não só aqui, mas em outros espaços da cidade. A gente está trabalhando muito a questão cultural, a Secretaria de Cultura do nosso município tem atividade praticamente todos os dias, então isso é valorização das pessoas. Nosso governo, o prefeito José Gomes, ele tem um lema de que ele diz sempre, que ele governa pensando nas pessoas, não pensando apenas em obras, em avenidas, em praças, enfim, em prédios, mas sim no investimento com as pessoas e na qualidade de vida.

E uma outra questão importante também para as pessoas é justamente a geração de emprego e renda. Hortolândia atraiu bastante empresas para cá. Inclusive, agora tem a instalação de data centers anunciados que já estão em implantação. Como foi a participação do Legislativo na atração dessas empresas, na criação dos incentivos?
Na verdade, como disse desde o início, todos os projetos que vêm do Executivo, que a gente entende que vão trazer investimentos para o município, vão fazer com que a cidade seja mais valorizada e também vão trazer investimentos para as pessoas, a gente aprova sem nenhuma dificuldade. Recentemente, aprovamos aqui a lei do Proamp, que é uma lei de incentivo para as empresas. Então, a gente sempre aprova todas essas leis de incentivo às micros, médias e grandes empresas. A gente aprova com prazer porque sabe da importância dessas empresas, desses negócios para o nosso município.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também