quarta-feira, 19 junho 2024
ASSISTÊNCIA SOCIAL

Hortolândia é a 1ª cidade da região a receber uma Praça da Cidadania

Complexo comunitário foi construído por meio de parceria entre o Fundo Social da Prefeitura e o Fundo Social do Governo do Estado de São Paulo
Por
Redação
O governador Tarcísio de Freitas participou da inauguração da Praça da Cidadania

Hortolândia é a primeira cidade da RMC (Região Metropolitana de Campinas) a receber uma Praça da Cidadania. O complexo comunitário foi construído por meio de uma parceria entre o Fundo Social da Prefeitura de Hortolândia e o Fundo Social do Governo do Estado de São Paulo. A cerimônia de entrega do equipamento público, no último dia 25 de abril, reuniu o prefeito José Nazareno Zezé Gomes e o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, entre outras personalidades.

A Praça da Cidadania de Hortolândia se soma às outras seis unidades disponíveis no estado de São Paulo, todas concentradas na região metropolitana da capital. Para o prefeito de Hortolândia, a boa relação com o governo estadual justifica o êxito em obras de infraestrutura e desenvolvimento social na cidade.

“Hortolândia tem um histórico positivo de parceria com o Governo do Estado de São Paulo. Uma das primeiras parcerias foi a implantação do sistema de saneamento básico e abastecimento pela Sabesp, o que foi fundamental para o desenvolvimento da nossa cidade. Depois, veio o Corredor Metropolitano, viabilizando o tráfego de veículos pela nossa Ponte Estaiada. Nosso diálogo com o governador Tarcísio começou há alguns anos, quando ele ainda era ministro da Infraestrutura. Esta é mais uma obra impulsionada pela boa relação com o Governo do Estado. O cuidado com as pessoas, que já é uma marca consagrada em Hortolândia, está também alinhado com as diretrizes do governo estadual”, declarou Zezé Gomes.

Para o governador Tarcísio de Freitas, a articulação política com o município permitirá a realização de outros investimentos na cidade. “Esta é uma entrega muito positiva. Hortolândia pode esperar sempre esta parceria do governo do estado. A Praça de Cidadania é um local de formação, onde serão ministrados muitos cursos, o que é extremamente interessante. Vai ser também um local que permitirá formar novos microempreendedores ou abrir as portas de mercado de trabalho para muitas pessoas”, disse Tarcísio.

O complexo da Praça da Cidadania de Hortolândia conta com 7 mil metros quadrados construídos

O complexo da Praça da Cidadania de Hortolândia conta com 7 mil metros quadrados construídos. O empreendimento abriga uma infraestrutura diversificada para a prática de atividades esportivas e de lazer, com a instalação de uma quadra poliesportiva coberta, quadra de futebol Society, pista de skate, pista de caminhada, bicicletário, parque infantil, academia ao ar livre, horta comunitária e um redário. Para presidente do Fundo Social de São Paulo, Cristiane Freitas, o espaço favorecerá a convivência comunitária, sendo que a área esportiva e de lazer já pode ser utilizada pela população.

“É com muita alegria que estamos inaugurando a Praça de Cidadania de Hortolândia, que é a primeira de fora da região metropolitana de São Paulo. Este será para a comunidade um espaço de lazer, convivência e de capacitação profissional. Esta inauguração reforça o compromisso do governo estadual, por meio do Fundo Social de São Paulo, com o desenvolvimento social do estado. Que esta Praça da Cidadania de Hortolândia seja um espaço de transformação social para a comunidade”, comentou a primeira-dama, Cristiane Freitas.

A construção da Praça da Cidadania de Hortolândia foi viabilizada em 2021, quando a presidente do Fundo Social de Hortolândia, Maria dos Anjos, visitou a unidade de Guarulhos e de Santo André para conhecer o programa social. Depois de se reunir com a presidência do Fundo Social do estado, a Prefeitura de Hortolândia assinou, em abril de 2022, um convênio com o governo estadual autorizando o início das obras.

SOLIDARIEDADE
Banco de Alimentos de Hortolândia comemora 17 anos e arrecada 176t de alimentos

O BAH (Banco de Alimentos de Hortolândia) arrecadou 176 toneladas de alimentos em 2023, beneficiando diretamente 19 organizações sociais e 1.762 pessoas que moram na cidade. Os números foram apresentados durante comemoração dos 17 anos do Banco, no OAPE (Observatório Ambiental Parque Escola), no Jardim Santa Clara do Lago I.

Ao som do grupo de sax e baterias Vibrasax, da Secretaria de Cultura, a cerimônia reuniu cerca de 250 pessoas, dentre elas secretários municipais, gestores públicos e profissionais da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, órgão ao qual está vinculado, além de representantes de conselhos municipais da área de educação e segurança alimentar e nutricional, de empresas doadoras e de entidades sociais beneficiadas pelo programa.

Crianças e jovens atendidas em uma delas, a Associação Pedra Viva Moriah, alegraram o evento com uma performance musical. O secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Fernando Moraes, representou o prefeito José Nazareno Zezé Gomes, que estava em outra agenda.

Do total arrecadado em 2023, 78 toneladas vieram da campanha Hortolândia Solidária, 57 toneladas da ação de redução de desperdício junto a empresas parceiras, como a Wickbold, da área de panificação, a primeira a firmar parceria com a Administração Municipal e responsável por doar 22,5 toneladas no ano passado.

Outras 33 toneladas vieram da agricultura familiar, por meio do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos), e 2 toneladas de doações espontâneas feitas por pessoas físicas. Neste período, o BAH realizou ainda 25 atividades de educação alimentar e geração de renda, que beneficiaram mil pessoas. Outro ponto destacado foi a consolidação das políticas públicas voltadas à segurança alimentar e nutricional, em Hortolândia.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também