quarta-feira, 19 junho 2024
POLÍTICA 2024

Luiz Gustavo Klein assume presidência do Democracia Cristã em Americana com foco em dignidade humana e justiça social

TV TodoDia entrevistou o dirigente partidário nesta quinta-feira (09) sobre os desafios impostos pela nova realidade eleitoral
Por
Danilo Bueno
Foto: Reprodução / Mídias Sociais

Em recente entrevista, Luiz Gustavo Klein, o novo presidente municipal do partido Democracia Cristã em Americana, compartilhou suas visões e planos para o futuro político da região. Com uma forte ênfase na promoção da dignidade humana, justiça social, respeito às liberdades individuais e defesa da família, Klein expressou o orgulho de liderar um partido que se alinha com os princípios cristãos de amor ao próximo e solidariedade.

Sob a liderança nacional do Deputado Constituinte Eymael, o partido se destaca por sua contribuição significativa à Constituição atual, um fato que Klein, advogado com especialização em direito constitucional, reflete com muito orgulho. “Como advogado constitucionalista, isso me orgulha profundamente”, afirmou Klein, destacando a importância da ética, transparência governamental e participação cidadã.

Com a aproximação das eleições municipais, Klein discutiu a estratégia do partido para enfrentar um cenário com menos candidatos do que em 2020. Ele enfatizou que a diminuição no número de candidatos não simplifica a eleição, mas exige uma campanha mais articulada e próxima ao eleitorado. “Nosso objetivo é comunicar claramente nossas propostas e valores, buscando engajar os eleitores de maneira significativa”, explicou.

Para aumentar a representação do partido na Câmara, Klein revelou planos de fortalecer os quadros do partido, atraindo pré-candidatos comprometidos e ampliando a presença nas redes sociais e na comunidade. A proibição do impulsionamento de campanhas políticas pelo Google e X (antigo Twitter) foi vista como uma oportunidade de valorizar o contato direto com os eleitores, uma estratégia que ele acredita ser fundamental para construir confiança e comprometimento.

Refletindo sobre o impacto da pandemia nas eleições de 2020, o dirigente político expressou otimismo para o pleito deste ano, esperando que a maior liberdade de movimentação e interação permita ao partido apresentar suas propostas de forma mais efetiva. Ele também abordou a questão da polarização política, enfatizando a importância de focar em questões locais e soluções práticas para transcender divisões e trabalhar pelo bem comum.

Confira a entrevista

TODODIA: Klein, você acaba de assumir a presidência municipal do partido Democracia Cristã. Quais são os valores defendidos pelo partido?
KLEIN: Primordialmente é importante salientar a honra que é Presidir o Democracia Cristã de Americana. Partido de homens e mulheres que orgulham o Brasil. Presidido Nacionalmente pelo Deputado Constituinte Eymael, que tem mais de uma centena de propostas constantes na redação da atual Constituição. Como Advogado Constitucionalista, isso me orgulha profundamente. Com relação aos valores fundamentais do partido Democracia Cristã, eles se ancoram na promoção da dignidade humana, na busca pela justiça social, no respeito às liberdades individuais e na defesa da família. Acreditamos firmemente na importância da ética na política, na transparência governamental e na participação cidadã como pilares para o desenvolvimento sustentável e inclusivo da sociedade. Nosso compromisso é com um modelo de governança que valorize a educação, a saúde, a segurança e o bem-estar de todos, sempre pautado pelos princípios cristãos de amor ao próximo e de solidariedade.

TODODIA: Nestas eleições municipais são esperados menos candidatos que em 2020. Isso é uma garantia de eleição mais fácil?
KLEIN: A diminuição no número de candidatos não necessariamente se traduz em uma eleição mais fácil. Cada eleição é única e traz seus próprios desafios. Menos candidatos pode significar uma disputa mais focada nas propostas e na qualidade dos candidatos, o que requer de nós uma campanha ainda mais articulada e próxima ao eleitorado. Nosso objetivo é comunicar claramente nossas propostas e valores, buscando engajar os eleitores de maneira significativa. A complexidade da eleição não reside apenas no número de candidatos, mas na capacidade de conectar genuinamente com as necessidades e expectativas da população.

TODODIA: Atualmente o partido conta com um vereador, Marschelo Meche, quais são os planos do partido para aumentar a sua representação na Câmara?
KLEIN: Para aumentar nossa representação na Câmara, estamos implementando uma estratégia multifacetada. Primeiramente, trabalhamos na formação e no fortalecimento de nossos quadros, atraindo pré-candidatos comprometidos com nossos valores e com uma sólida base de atuação comunitária. Além disso, sempre mantivemos uma rotina de reuniões, palestras e cursos, transmitindo os princípios do Partido. Estamos também ampliando nossa presença nas redes sociais e na comunidade, buscando uma comunicação mais efetiva e direta com o eleitorado, para assim construir uma base sólida de apoio.

TODODIA: Recentemente o Google e também o X (antigo Twitter) divulgaram a proibição de impulsionamento de campanhas políticas, este ano os candidatos terão de gastar mais sola de sapato para convencer os eleitores?
KLEIN: A decisão do Google e do X de proibir o impulsionamento de campanhas políticas certamente nos leva a adaptar nossas estratégias de campanha. Isso significa valorizar ainda mais o contato direto com os eleitores, seja por meio de eventos, reuniões comunitárias, ou caminhadas pelos bairros, o que popularmente chamamos de “gastar sola de sapato”. Essa abordagem mais pessoal e direta é uma oportunidade de estreitar laços com a sociedade, ouvir suas necessidades de forma mais atenta e apresentar nossas propostas de maneira clara e objetiva. Acreditamos que essa proximidade com o eleitorado é fundamental para construir uma relação de confiança e comprometimento.

TODODIA: Em 2020 tivemos a pandemia atrapalhando o processo eleitoral e desbalanceando o pleito. Você acredita que este ano pode ser muito diferente o resultado das eleições?
KLEIN: A pandemia de 2020 impôs desafios sem precedentes ao processo eleitoral, afetando a forma como as campanhas foram conduzidas e como os eleitores puderam se engajar. Este ano, com a situação da pandemia mais controlada, esperamos que o processo eleitoral reflita de forma mais acurada a vontade do eleitorado. A possibilidade de realizar campanhas mais interativas e presenciais, além de um maior engajamento dos eleitores em processos democráticos, pode sim resultar em um cenário eleitoral bastante diferente. Estamos otimistas de que, com maior liberdade de movimentação e interação, poderemos apresentar nossas propostas de forma mais efetiva e, assim, esperamos um resultado positivo nas urnas.

TODODIA: Para encerrarmos, em um ambiente que estamos de polarização política quando falamos em cenários estadual e nacional, tem chance de se repetir na campanha municipal?
KLEIN: A polarização política que observamos nos cenários estadual e nacional certamente tem o potencial de influenciar as campanhas municipais. No entanto, as eleições municipais têm uma dinâmica própria, muitas vezes mais focada em questões locais e na capacidade dos candidatos de responderem às necessidades imediatas dos munícipes. Nosso partido é conservador porém busca transcender essa polarização, focando em propostas concretas e na construção de diálogos construtivos. Acreditamos que, ao nos concentrarmos em questões locais e em soluções práticas para os problemas enfrentados pelos cidadãos, podemos trabalhar de forma mais unida pelo bem comum.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também