quarta-feira, 22 maio 2024
PARLAMENTO DA RMC

Nova Odessa é sede de debate sobre a dengue na região

Encontro foi realizado na sede do Poder Legislativo da cidade nesta sexta-feira (16)
Por
Henrique Fernandes
Foto: Divulgação

Vereadores da região se reuniram na manhã desta sexta-feira (16), na Câmara Municipal de Nova Odessa, para debater o cenário da dengue e ações na Região Metropolitana de Campinas (RMC).

O 1º secretário do Parlamento da RMC e presidente da Câmara de Nova Odessa, Wagner Morais, destacou a importância do debate. “O próprio Ministério da Saúde vem alertando sobre o número crescente dos infectados pela doença nas próximas semanas”, lembrou o vereador.

O encontro foi presidido pelo presidente do Parlamento da RMC e da Câmara de Indaiatuba, Pepo Lepinsk e marcou a abertura dos trabalhos dentro do Parlamento da RMC, que reúne 20 Municípios.

A apresentação atendeu a um pedido da vereadora e presidente da Comissão de Saúde do Parlamento, Silene Carvalini, e os palestrantes também abordaram os cenários de doenças como sífilis e HIV, levando a experiência de Indaiatuba no controle de infecções.

“O tema é mais que atual, e é uma honra imensa poder trazer a equipe epidemiológica da Secretaria de Saúde de Indaiatuba para tratarmos de um assunto que é urgente e preciso”, afirmou Pepo Lepinsk.

No encontro, a diretora da Vigilância em Saúde de Indaiatuba, Renata Marciano; a coordenadora municipal do Programa IST/HIV/Aids, Pâmela Cristina Tobaldini dos Santos; e o coordenador municipal do Programa de Combate à Dengue, Ulisses Bernardinetti, falaram sobre as mais diversas formas de se combater o mosquito da dengue, levando experiências e tecnologias adotadas por Indaiatuba no enfrentamento ao Aedes Aegypti.

Além de Pepo Lepinsk, Wagner Morais e os vereadores Luiz Rossini (presidente da Câmara de Campinas); o presidente da Câmara de Santo Antônio de Posse, João Marcos Bazani; o ex-prefeito de Nova Odessa, Benjamin Bill; e o vereador de Vinhedo, Tiago de Paula, fizeram parte da mesa de autoridades do evento.

ORDEM DO DIA

Na fase da Ordem do Dia, o Parlamento da RMC encaminhou ofício ao governador Tarcísio de Freitas solicitando recursos específicos do Governo do Estado na estruturação da rede de saúde para atendimento dos pacientes vítimas de dengue nos 20 municípios que compõem a região.

De acordo com o ofício assinado pelo presidente do Parlamento da RMC e da Câmara de Indaiatuba, Pepo Lepinsk, três sorotipos de dengue (1, 2 e 3) se encontram em circulação na região metropolitana de Campinas, pondo em risco a sua população de 3,5 milhões de habitantes. “Ressaltamos que os sistemas públicos de saúde estão diante, novamente, de uma situação epidemiológica capaz de superlotar as unidades de atendimento”, o que torna imperiosa a implantação de locais específicos para atendimento de pacientes de dengue, bem como a ampliação das equipes médicas e a aquisição de insumos.

O ofício sublinha que tal quadro acontece diante de um ano eleitoral, período em que o poder público encontra limitações em relação a determinadas condutas, como a contratação de pessoal efetivo.

Mais à frente, o documento destaca a sensibilidade do governador que, preocupado com o quadro sanitário, já destinou quase R$ 70 milhões a municípios para ações de combate à doença.

“Tudo isso denota a urgência das ações a serem adotadas e, para isso, os municípios da RMC precisam do auxílio do governo do Estado”. Ao final, o ofício solicita uma audiência presencial dos presidentes das Câmaras das cidades da região com o governador, “a fim de explanar a situação regional e suas peculiaridades”.

O próximo encontro dos representantes do Legislativo do Parlamento Metropolitano da RMC acontece em Campinas, dia 15 de março.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também