segunda-feira, 22 julho 2024

Outubro registra chuvas acima da média, mas situação ainda preocupa na região

Registro de chuvas para o mês ficou acima da média histórica, mas volume anual está 17% abaixo; companhias afirmam que ainda não há risco de desabastecimento

Cantareira | Nível dos reservatórios estava em 28% nesta terça, segundo a Sabesp (Foto: Arquivo/ TodoDia Imagem)

Apesar de o índice pluviométrico de outubro ter sido maior do que a média histórica para o mês, o acumulado anual permanece abaixo da média. Os dados são da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), do Daee (Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo) e do Consórcio PCJ (Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí).

De acordo com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), no mês de outubro o nível de chuvas registrado no Sistema Cantareira (conjunto de reservatórios na região de Nazaré Paulista, que abastece a Grande São Paulo e parte dos mananciais da região de Campinas) foi de 166 mm, bem acima da média histórica para o período, que é de 122,3 mm. Até o final da tarde desta terça-feira (9), o sistema possuía volume útil aproximado de 275 milhões de metros cúbicos, o que representa 28% do total (981 milhões de metros cúbicos).

Toda área das Bacias PCJ teve índice pluviométrico acima da média histórica para o mês de outubro, contudo, a chuva acumulada no ano (janeiro a outubro) ficou 17% abaixo da média histórica para o período.

Segundo os técnicos do Consórcio PCJ, a avaliação da situação atual ainda é preocupante pois, as vazões médias registradas nos rios das Bacias PCJ no mês de outubro ficaram abaixo da média histórica para o mês, mesmo com um volume de chuvas acima da média.

“As chuvas do último mês não foram suficientes para a normalização dos níveis dos reservatórios” afirma em nota o Consórcio PCJ.
A orientação da associação aos municípios que fazem consorciados é manter ouso racional de água, além de realizar obras e ações para ampliar a capacidade de contingenciamento da escassez hídrica e de uma possível nova crise hídrica, como a implantação de piscinões ecológicos em áreas urbanas e bacias de retenção em zonas rurais, construção de reservatórios de água bruta e tratada, combate às perdas nos serviços de abastecimento e campanhas de sensibilização sobre o uso da água.

SEM RISCO
Consultados, os DAEs (Departamentos de Água e Esgoto) de Americana e Santa Bárbara d’Oeste e as concessionárias que administram o abastecimento em Hortolândia e Sumaré, Sabesp e BRK Ambiental, respectivamente, afirmam que ainda não há risco de desabastecimento.

“As chuvas melhoraram um pouco o nível do rio, mas ainda há bastante matéria orgânica no Piracicaba. Em novembro, a expectativa é de que haja aumento significativo de chuvas e, por consequência, dos níveis do rio. Portanto houve uma melhora, mas ainda pequena”, informou o DAE de Americana.

Já o departamento de Santa Bárbara diz que o nível atual é de 58% do volume reservado. A autarquia afirma ainda que aguarda por novas precipitações e monitora os mananciais diretamente.

“Embora outubro tenha apresentado um índice pluviométrico alto, vale destacar que o acumulado anual permanece baixo, sendo, até agora, o menor volume acumulado de chuvas no ano desde 2014, data da crise hídrica no Sudeste”, destaca a BRK Ambiental.

Já a Sabesp diz que, apesar de não haver risco de desabastecimento neste momento, a companhia reforça a necessidade do uso consciente da água. “A projeção aponta níveis satisfatórios dos reservatórios com as perspectivas de chuvas do final da primavera e início do verão, quando a situação será reavaliada. A Companhia vem realizando nos últimos anos ações que dão mais segurança hídrica, como a ampliação da infraestrutura, integração e transferência entre sistemas, além de campanhas para o consumo consciente”, informa.

Dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) apontam que a previsão é de que volte a chover na região durante o feriado prolongado, entre sábado (13) e terça-feira (16).

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também