domingo, 21 abril 2024
NOVAS ESCOLAS

Parceria público-privada permitirá construção de 13 escolas na região de Campinas

Projeto do Governo de São Paulo prevê investimento de mais de R$ 562 milhões para escolas que vão atender mais de 14,5 mil estudantes
Por
Isabela Braz
Foto: Divulgação/Governo de SP

Os municípios de Campinas e Sumaré, e outras oito cidades da região, por meio de parceria público-privada (PPP), serão contempladas no projeto do Governo do Estado de São Paulo que prevê a construção de 13 novas unidades escolares da rede estadual de ensino.

A cidade de Campinas receberá quatro escolas, Sumaré receberá uma. Aguaí, Araras, Atibaia, Itatiba, Leme, Limeira, Rio Claro e São João da Boa Vista, localizadas na RAC (Região Administrativa de Campinas), também receberão uma unidade cada.

Segundo divulgado pela secretaria de Parcerias em Investimentos do Governo de São Paulo, R$ 562,2 milhões serão investidos para toda a região, beneficiando 14.500 que serão atendidos nas 392 salas de aulas entregues.

As unidades de Araras, Atibaia, Campinas, Leme, Limeira e Rio Claro devem entrar em funcionamento em 2026. As unidades de Sumaré, Aguaí Itatiba e São João da Boa Vista têm previsão de entrega para o início em 2027.

PPP Novas Escolas

O projeto de PPP do Governo de SP abrange 29 municípios paulistas e permitirá a abertura de até 35,1 mil vagas nos ensinos fundamental e médio. As novas unidades escolares serão dotadas de 21, 28 ou 35 salas de aula e contarão com inovações tecnológicas em termos de materiais e construções, além de padrão construtivo mais adequado ao novo currículo do ensino médio e às diretrizes do Estado.

O investimento previsto é de R$ 1,6 bilhão ao longo do período da concessão. A PPP envolverá a construção, gestão e operação das unidades, além de serviços não-pedagógicos, como limpeza, manutenção, gestão de infraestrutura e segurança.

Consulta Pública

Para receber contribuições da sociedade, o Governo de São Paulo abriu a Consulta Pública nº 01/2023 para colher sugestões para o aprimoramento do projeto de construção e operação dessas novas unidades escolares. Os interessados podem participar do processo até o dia 13 de dezembro. As contribuições devem ser encaminhadas para o endereço eletrônico: construcaodeescolas@educacao.sp.gov.br.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também