terça-feira, 23 abril 2024
ECONOMIA

PIB de Americana tem crescimento de 26%, o maior índice da região

Os números foram divulgados nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)
Por
Redação
Foto: Marília Pierre

Americana obteve um crescimento de 26% no PIB (Produto Interno Bruto) de 2021 em comparação com o ano de 2020, o maior índice entre as cidades da região. Os números foram divulgados nesta sexta-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em 2020, o PIB da cidade era de R$ 12 bilhões, ocupando a 96ª posição entre os 100 maiores municípios do país, e passou a R$ 15,2 bilhões em 2021, alcançando a 94ª colocação.

“Os dados demonstram como a economia da cidade é pujante e preparada para contornar situações difíceis para o mercado, como foram os anos da pandemia. Temos um povo trabalhador e um empresariado moderno, preparados para as adversidades”, ressalta o prefeito Chico Sardelli.

O PIB per capita também teve um crescimento da ordem de 24,78%, passando dos R$ 49.907,97 em 2020 para R$ 62.271,47 em 2021.

“Esses números comprovam a força do setor econômico de Americana, que não só sobreviveu à pandemia como retomou ainda mais forte no período pós-pandêmico. Nossas empresas são robustas e resilientes, e quem ganha com isso é nossa população, com mais renda, empregos e qualidade de vida”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico, Rafael de Barros.

Os setores da indústria e de serviços ajudaram a alavancar esses números. O valor adicionado bruto da indústria passou dos R$ 3 bilhões em 2020 para R$ 4,4 bilhões em 2021. Já o valor adicionado bruto dos serviços foi dos R$ 6,3 bilhões em 2020 para R$ 7,1 bilhões em 2021.

O IBGE analisa que, em 2021, 11 municípios responderam por quase 25% do PIB nacional e 16,6% da população brasileira, enquanto as 87 cidades com os maiores PIBs representavam, aproximadamente, 50% do PIB total e 36,7% da população do país.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também