PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PM fecha mais um cassino em Americana, o terceiro em 15 dias

39 caça-níqueis e 14 apostadores foram flagrados em casa no São Vito

Policiais militares fecharam mais um cassino clandestino em Americana. Desta vez, funcionando em uma residência na Avenida Paschoal Ardito, no Bairro São Vito. No local foram apreendidas 39 máquinas caça-níqueis e flagrados 14 jogadores. Cerca de R$ 5 mil em dinheiro também foram apreendidos no local. Um homem de 46 anos, apontado como coordenador do cassino, e uma diarista de 43 anos, foram indiciados por contravenção penal.

PUBLICIDADE

A PM não divulgou a identidade deles. É o terceiro caso de casa de jogos descoberto em um intervalo de 15 dias em Americana. No último dia 7 de novembro, a PM já havia descoberto, no mesmo dia, dois bingos em funcionamento em pontos distintos da cidade. Um deles, na Rua Achiles Zanaga, na Vila Medon, bairro tradicional do Centro, operava, inclusive, como “cartão fidelidade” para os jogadores.

MÁQUINAS LIGADAS

PUBLICIDADE

Na operação desta quinta-feira, foram apreendidos R$ 5.060,90 em dinheiro, além 42 peças de memórias de computador, uma máquina de cartão, papeis com contabilidade dos jogos e comprovantes de pagamento das apostas em uma máquina de cartão. Os policiais foram averiguar denúncia, às 22h30, de que no local ocorreria atividades de jogos de azar. Câmeras de vigilância instaladas na residência monitoravam a movimentação.

No interior do local, os policiais constataram que se tratava de uma casa de jogos de azar que era frequentada por 14 apostadores. Trinta e nove máquinas caça-níqueis estavam ligadas e dois responsáveis foram identificados. Peritos do Instituto de Criminalística e policiais civis estiveram no local. No interior das máquinas estavam R$ 660. Posteriormente, no lixo, foi localizada uma pequena bolsa com R$ 4.400,90, uma máquina de cartão e comprovantes de pagamento e folhas com contabilidade dos jogos. Foi registrado boletim de ocorrência de jogos de azar, que é uma contravenção penal prevista em lei.

PUBLICIDADE

OUTROS CASOS

Os outros dois casos anteriores de casas de jogos clandestinas fechadas em Americana ocorreram no dia 7 de novembro. Na primeira ação, 61 máquinas caça-níqueis e R$ 3.550 em dinheiro foram apreendidos em uma casa de alto padrão na Vila Medon. No local, o nível de sofisticação do esquema de jogo de azar era tamanho que alguns clientes tinham até mesmo “cartão fidelidade”. Durante o flagrante, cerca de 30 pessoas, a maioria jogadores, usavam os equipamentos.

A casa onde ocorreu a operação da Polícia era de alto padrão, cercada por câmeras de segurança. Inclusive uma delas estava instalada em um poste de iluminação pública. Na fachada não havia nada que pudesse indicar que no local funcionasse um clube de jogos ilegais. Também no dia 7 de novembro, às 11h53, foi fechado um bingo clandestino em um bar na rua São Jorge, no bairro São Manuel, em Americana. Um homem foi conduzido à Polícia, prestou depoimento e foi liberado. Na verificação avistaram duas máquinas de jogos de azar ligadas, mas sem jogadores.

PUBLICIDADE

Pin It on Pinterest

Share This