segunda-feira, 4 março 2024
ACUMULADORA

Prefeitura de Nova Odessa retira 2 caminhões de materiais recicláveis de residência

Caso aconteceu no Jardim Santa Rita houve uma força tarefa com servidores de várias pastas para que fosse feita a ação
Por
Vanessa Oliveira
Foto: Divulgação

Uma força-tarefa da Prefeitura de Nova Odessa formada por servidores das secretarias de Saúde, Obras e Segurança realizou nessa sexta-feira (24/11) a remoção de dois caminhões lotados (o equivalente a cerca de 30 metros cúbicos) de materiais recicláveis e inservíveis acumulados por uma mulher idosa no Jardim Santa Rita. O caso vinha sendo acompanhado desde o início do ano a partir de reclamações de moradores do bairro vizinhos ao imóvel. Desde então, as equipes técnicas da Prefeitura vinham promovendo visitas periódicas à mulher, convencendo-a sobre a urgência da necessidade de limpeza do imóvel.

“A Vigilância em Saúde recebe quase que semanalmente reclamações de pessoas que acumulam materiais em casa e acabam incomodando os vizinhos, atraindo ratos, baratas e escorpiões e gerando mau cheiro. Enquanto Poder Público, a princípio não temos a obrigação de limpar a casa de ninguém, isso é dever dos proprietários. Mas às vezes são casos de Saúde Pública, como este”, explicou a diretora de Saúde do Município, Joseane Gomes.

As situações que exigem intervenção da Prefeitura também passam por acompanhamento e autorização do Judiciário local – incluindo todos os prazos de tramitação da respectiva ação. Num primeiro momento, há uma notificação para o acumulador providencie a remoção dos materiais. Se a pessoa não tomar as medidas determinadas – geralmente por incapacidade –, a força-tarefa entra em ação e faz a limpeza.

“Neste caso do Jardim Santa Rita, por exemplo, trata-se de uma mulher que já havia recebido tal intervenção alguns anos atrás, quando morava em outro local da cidade” acrescentou Joseane.

Situações que podem vir a ser consideradas como casos de acumuladores pela Vigilância em Saúde podem ser informados através do telefone (19) 3466-1905.

Receba as notícias do Todo Dia no seu e-mail
Captcha obrigatório

Veja Também

Veja Também